Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




VOCÊ ESCOLHE E PERDE

por Thynus, em 24.04.17
Você percebe cinco crianças brincando perto da linha do trem. Absortas na brincadeira, não percebem o trem vindo na direção delas. Por sorte, os trilhos se bifurcam antes de chegar a elas, e você está parado bem na bifurcação. É só apertar o botão que você pode desviar o trem e, dessa maneira, salvar as crianças. Mas aí você nota que, na outra via, está uma criança brincando sozinha. Se não fizer nada, vai permitir que o trem mate cinco crianças na primeira via, contudo, se apertar o botão, vai salvar essas cinco, mas matará a criança solitária. O que você deveria fazer?
Para muitas pessoas, é tão óbvio quanto desagradável que você deve pressionar o botão: a coisa certa a fazer é matar um para salvar muitos.
Mas, agora, pense em uma cena diferente. Você é um médico num hospital pediátrico. Cinco crianças estão a ponto de morrer de diferentes falhas de órgãos: coração, rim, pulmão etc. Você percebe que, do lado de fora, brincando no playground do hospital, há uma criança saudável sozinha. Você sabe que ela tem o mesmo tipo sanguíneo das crianças que estão morrendo, e a tecnologia avançou tanto que seria uma questão relativamente simples sequestrar a criança do playground, tirar seus órgãos e transplantá-los naquelas que estão morrendo, salvando-as. Se não fizer nada, vai permitir que as crianças morram, todavia, você pode salvar todas as cinco se matar aquela criança solitária. O que você deveria fazer?
Para muitas pessoas é tão desagradável quanto óbvio que você não deve apertar o botão: a coisa certa a fazer é poupar aquela criança e matar as outras.
Mas as duas situações parecem fundamentalmente análogas. Então as crenças morais das pessoas estão bastante confundidas aqui? Ou é a moral em si que talvez seja confusa – independentemente do que escolher, você perde?
 
 
(Andrew Pessin - Filosofia em 60 segundos : expanda sua mente com um minuto por dia!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:23


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds