Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.
Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.
Basta a fé no que temos,
basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria
ao que desconhecemos
e ao que é do dia-a-dia.
Chegamos? Não chegamos?
─ Partimos. Vamos. Somos.
(Sebastião da Gama)

 
A atriz Candice Bergen declarou: "Os sonhos são, por definição, Amaldiçoados: eles têm vida curta." Suponho que ela disse isso porque algumas pessoas não gostam de ver os outros perseguindo seus Sonhos. Faz com que lembrem como estão longe de viver os seus. Por isso tentam derrubar qualquer um que queira alcançar as estrelas. Convencendo os demais a desistir de seus sonhos, elas têm uma boa desculpa para continuar acomodadas.
Não seja um assassino de sonhos. Em vez disso, torne-se um libertador de sonhos. Mesmo se achar que os anseios dos outros estão fora da realidade, isso não é motivo para criticá-los.
Você já desistiu de algum sonho? Já enterrou uma esperança que parecia lhe dar energia? Como isso o afetou? Norman Cousins, ex-editor da revista Saturâay Review e professor adjunto de psiquiatria na UCLA, costumava dizer: "A morte não é a maior perda da vida. A maior perda é quando algo morre dentro de nós enquanto estamos vivos."
Os sonhos nos mantêm vivos. Benjamin Franklin observou que "a maioria dos homens morre do pescoço para cima aos 25 anos, pois eles deixam de sonhar". É por isso que é tão importante ajudar o próximo a manter seus sonhos vivos. Encorajar o sonho de outra pessoa pode alimentar a alma dela.
Uma vez que os sonhos estão no âmago da nossa alma, precisamos fazer tudo ao nosso alcance para ajudar a transformá-los em realidade. Essa é uma das maiores dádivas que podemos oferecer aos outros.
(...) Scott Adams, criador da popular tirinha Dilbert, conta a seguinte história sobre seu começo como cartunista:
Você não precisa ser uma "pessoa de influência" para ser influente. Na verdade, as pessoas que mais influenciaram minha vida provavelmente não têm consciência das coisas que me ensinaram. Quando estava tentando me tornar cartunista, enviei meu portfólio para vários edítores - e fui rejeitado todas as vezes. Um editor chegou a ligar sugerindo que eu tivesse aulas de arte. Então, Sarah Gillespie, que é editora na United Media e uma das especialistas no ramo, ligou para me oferecer um contrato. No começo, não acreditei nela. Perguntei se teria de mudar meu estilo, arranjar um parceiro - ou aprender a desenhar. Mas ela acreditava que eu já era bom o bastante. Sua confiança em mim mudou completamente meu ponto de vista e alterou a maneira como eu via minhas próprias habilidades. Isso pode soar estranho, mas, assim que desliguei o telefone, passei a desenhar melhor.
A editora Sarah Gillespie deu a Adams a chance de viver seu sonho, porém, como já tinha sido desencorajado por inúmeras pessoas, ele quase teve medo de dizer sim. Graças ao incentivo dela - e á oportunidade que recebeu -, Dilbert se tornou uma tirinha muito popular.
Não há como prever o que pode acontecer se você começar a encorajar os sonhos de todos ao seu redor. Você não adoraria ser o alvo do comentário "Alcancei o sucesso porque essa pessoa acreditou em mim quando ninguém mais acreditava"? Comece a incentivar as outras pessoas. Quanto mais o fizer, mais elas dividirão seus sonhos com você. E maior será a chance de vê-las prosperar.

(JOHN C. MAXWELL & LES PARROTT, PH. D . - 25 maneiras de valorizar as pessoas)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:08



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D