Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O que é a manipulação?

por Thynus, em 15.12.14
A manipulação raramente é explicita e, geralmente, é velada, dissimulada. O manipulador prefere o anonimato, como numa apresentação de bonecos de engonço (marionetes), o que aparece para o público são os bonecos e o manipulador sem mantém na obscuridade. A manipulação conduz o outro ao movimento e as ações que, na maioria das vezes, não são frutos de sua própria escolha. Manipular é perigoso e pode causar uma relação de dependência tão forte que pode desencadear o tédio no manipulado. Vamos aproveitar a metáfora dos marionetes para entender um pouco melhor este tema.
Quando os cordéis invisíveis da mente tomam formas estranhas determinando atos e comportamentos alheios, o outro deixa de ser. Tal qual o efeito da brisa gélida sobre as folhas mortas, alguém esta conduzindo-se por um cego voo contingencial. Agrilhoado por forças avassaladoras sob o comando, muitas vezes, de seres desconhecidos, deixamos de ser. Como a invigilante borboleta que voa nos dias de temporal e perde suas asas e seu porto seguro. No choque eminente de vontades desencontradas, no percurso sem propósito, deixamos de escolher. Um ser que dança, que cai, como o marionete, um não-ser que é e deixa de ser. Manipuladores implacáveis, autoritários, muitas vezes sensuais, esperam os momentos de indecisão para agirem em nome do caos. Cordéis sem cor, sem odor, sem matéria, são tentáculos da vontade alheia. Mas, ainda assim, em novos quadros, em novos estados a marionete sobrevive nas mãos de seu humilde serviçal, tal qual o títere liberto, suspenso no ar.
O philoterapeuta é esse serviçal que alerta para a importância das nossas próprias escolhas e do desenvolvimento da responsabilidade pelos atos e fatos que desencadeamos.

(Sérgio Peixoto Mendes - Philoterapia)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:42



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D