Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O mundo

por Thynus, em 28.06.16
O mundo é a minha representação.
Deve-se dar razão a Aristóteles quando ele diz: "A natureza é demoníaca, não divina", [cf. De divinatione per somnum 2, 463 a 1445]. Poderíamos traduzir: "O mundo é o inferno."
Se quiséssemos conduzir o mais obstinado otimista por hospitais, lazaretos e câmaras de martírio cirúrgicas, por prisões, câmaras de tortura e estábulos de escravos, passando por campos de batalha e tribunais, depois abrir-lhe todas as moradas da miséria, onde esta se esconde dos olhares da fria curiosidade, e por fim fizéssemos com que ele olhasse dentro da torre da fome de Ugolino, certamente ele também acabaria por entender de que tipo é esse meilleur des mondes possibles.
O mundo é mesmo o inferno, e os homens são, por um lado, as almas atormentadas e, por outro, o demônio que nele habita.
O mundo é o pior de todos os mundos possíveis.
Em qualquer parte do mundo, não há que se procurar muito: a necessidade e a dor o preenchem, e em todos os cantos o tédio encontra-se à espera dos que conseguiram escapar de ambas. Além disso, nele impera a maldade, e o dispara-te tem a palavra decisiva.
Para termos sempre à mão uma bússola confiável, que nos oriente na vida, e para reconhecermos esta última sempre sob a luz correta, sem nunca ficarmos em dúvida, nada mais oportuno do que nos acostumarmos a considerar o mundo como um local de expiação, ou seja, uma espécie de instituição penal, a penal colony — um eriasterion, como já o denominavam os mais antigos filósofos [...] Entre os males de uma instituição penal está também a companhia que se encontra nela. Quem de algum modo for digno de companhia melhor, saberá, mesmo sem eu dizer, que tipo de companhia se encontra no mundo.
Em todos os lugares do mundo, a regra é a canalha. Por acaso esse mundo foi feito por um deus? Não, antes por um demônio.

   (Arthur Schopenhauer - A ARTE DE INSULTAR) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:32


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds