Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




MITOS DA ECONOMIA DE CARÍCIAS

por Thynus, em 28.03.16

 

Carícias
 
A economia de carícias estrutura-se em uma série de
pensamentos distorcidos. Idéias que aparecem desqualificando
necessidades e desejos.
Mitos que a maioria das pessoas obedecem, sem ter consciência
que é apenas uma simples questão de obediência!
Aqui estão alguns desses mitos:

CARÍCIAS EXISTEM EM QUANTIDADES LIMITADAS, portanto,
economize carícias; somente dê carícias como um investimento,
sabendo que vai haver retorno!
— NÃO DÊ CARÍCIAS! Você pode acostumar mal as pessoas!
— NÃO PEÇA CARÍCIAS! Os outros vão perder o respeito por
você; ou, de que adianta? Ninguém vai compreendê-lo mesmo!
— NÃO ACEITE CARÍCIAS! A ÚNICA MANEIRA DE RECEBER
CARÍCIAS É FAZER COISAS PARA CONSEGUI-LAS. Não havendo troca
você vai acabar devendo favores... e aí as pessoas vão terminar
manipulando-o.
— QUEM ME AMA ADIVINHA O QUE EU ESTOU PRECISANDO!
Afeto pedido não tem o mesmo valor; aliás, acho que não tem
nenhum valor (só vale a carícia espontânea!).
— OS OUTROS SÃO MAIS IMPORTANTES DO QUE EU; pois
então, deverei estar atento para as necessidades dos outros e não as
minhas. Sempre primeiro os outros... senão estarei sendo egoísta, me
sentirei culpado.
— VOCE NÃO DEVE ELOGIAR-SE, afinal, isso é coisa de
gente convencida.
— NEM DEVE ELOGIAR OS OUTROS, pois eles já estão
cansados de saber de próprios méritos.
— NÃO FICA BEM ACEITAR ELOGIOS! Você deve ser modesto
(ou, ao menos, fingir que é!), senão poderão achá-lo convencido.
— NÃO REJEITAR CARICIAS (Mesmo que você não queira!) Se
alguém o ama, você tem que corresponder...!
— HOMEM NÃO PODE SER CUIDADO POR MULHER! Afinal de
contas, você É um homem e mais forte que ela ou não é'?
— HOMEM NÃO PODE SER CUIDADO POR HOMEM, senão
fica parecendo afeminado ou um derrotado!
— TEMOS QUE CRITICAR OS OUTROS PARA QUE ELES
MELHOREM SEMPRE.
— MULHER TEM QUE GANHAR CARÍCIAS PELA BELEZA,
INGENUIDADE, FRAGILIDADE E ESTUPIDEZ! Pois mulher que vence,
ou é vulgar ou lésbica... afinal, isso não é coisa para ela!
— QUANTO MENOS EU PRECISAR DOS OUTROS, MELHOR!
Precisar significa dependência, incompetência.
— VOCE NÃO DEVE DAR CARÍCIAS PARA SI MESMO. Se você
parecer mal cuidado, as pessoas vão ter pena de você e cuidarão de
você; ou: a sua opinião a respeito de si mesmo não vale muito, o
importante é o que os outros pensam.
— SEXO É A ÚNICA FORMA DE TROCAR CARÍCIAS. Se você
estiver sentindo-se só, arrume alguém para você transar.
— AFETO É A UNICA FORMA DE RECEBER CARÍCIAS. Você
tem que cuidar de mim!

Estes são alguns dos mitos que muita gente obedece, embora
cada um tenha o seu preferido.
Alguns dizem que não pensam assim; porém, observando-os,
percebemos claramente que obedecem a fortes crenças.
Percebe-se isso na maneira com que tratam os outros, com
que conversam ou tratam de si mesmos.
Ou até em suas reações a estes temas.

(ROBERTO SHINYASHIKI - A CARÍCIA ESSENCIAL, Uma psicologia do afeto)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:16



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D