Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Libere a pressão!

por Thynus, em 08.08.14
« Os homens praticam o stress 
como se fosse um desporto »
Madeleine Ferron

Mesmo que os efeitos devastadores duma má noite se vejam rapidamente: problemas de concentração, sensação de fome e vontade de consumir açúcar… É a longo prazo que os efeitos de um sono de má qualidade vão ser catastróficos.
Dormir 6 a 8 horas de um sono de qualidade pode evitar preocupações de saúde pela simples razão de que certas funções corporais, nomeadamente a ativação dos mecanismos profundos de eliminação de toxinas celulares, se ativam de uma maneira bem mais intensa durante o sono.
Sabe-se que as horas antes da meia-noite são as mais rejuvenescedoras. Logo, se se deita tarde, experimente pelo menos durante o tempo da cura deitar-se antes das 22h ou 23h.
Saiba que a luminosidade dos ecrãs, perturbando a produção de melatonina, é um dos mais importantes fatores para um sono de má qualidade? Portanto, se sofre de insónia ou de problemas para adormecer, deve evitar ver Tv ou estar ao computador à noite. Pelo contrário, capte a luz do dia e se possível, sol durante o dia. Mais uma razão para caminhar cada dia.

Viva a luz
Uma prática controversa, mas que eu, pessoalmente, pratico com muita alegria, é a de olhar em direção ao sol, com os olhos fechados, durante 3 minutos. Se tem receio pelos seus olhos, faça-o de manhã ou à noite assim que o sol estiver baixo. É um procedimento que equilibra os sistemas nervoso e hormonal.
Como aconselham os taoistas, eu recomendo associar a visualização da luz, entrando pelos olhos e percorrendo a sua espinal medula e todos os seus nervos. Na medicina chinesa, o fogo (luz) tempera o excesso de madeira (sistema nervoso agitado, mental sobre ativado). Invista alguns minutos nesse sentimento de plenitude e de serenidade.
Do mesmo modo para equilibrar o sistema hormonal, visualize a luz a inundar cada uma das suas glândulas endócrinas. A luz penetra entre os olhos pela hipófise e pela epífise (ou glândula pineal no cérebro), depois desce pela tiróide, o timo (ao nível do coração), os ilheús de Langerhans (no pâncreas), as suprarrenais, para terminar pelos testículos ou ovários.
Tome alguns minutos para integrar e visualizar bem este fluxo de luz nas suas células. Porque antes de ser matéria, somos sobretudo luz ou energia…
Visto tomar tempo para o seu corpo (que merece e bem), aproveite-o para agradecer cada uma das suas funções e das suas glândulas para o trabalho essencial para a sua vida, a sua saúde e o seu bem estar. Agradeça ao sol pela sua infinita generosidade e sobretudo, agradeça a si mesmo pelo tempo que investe em si! A gratidão é fonte de saúde…e de alegria.
Este exercício muito simples praticado 2 a 3 vezes por dia, associado ao efeito de evitar a luz artificial dos ecrãs à noite, de se alimentar saudavelmente e de se deitar relativamente cedo, deveria ajudar os mais insones a dormir o sono dos justos… e, assim, recuperar uma energia salvadora.
Foquemo-nos agora sobre a importância do relaxamento, onde a ação sobre o stress e sobre a moral é particularmente interessante para a gestão desta cura e para além disso…

Além do sono, pense imperativamente em abrandar o ritmo. Com efeito, o dormir e o descanso são os melhores aliados da desintoxicação celular.
O stress, está provado, é um dos principais fatores de bloqueio de eliminação das toxinas acumuladas.
Como muitos, tenho uma tendência natural para o stress, « a me colocar sobre pressão », mas, o fato de ter um apoio, ajuda-me a destressar. Nunca serão demais os agradecimentos ao meu professor de yoga pelo tempo que me ajuda a perder e a …apreciar.
O Yoga, o Chi Kung e o tai Chi Chuan são seguramente práticas que fazem muito mais do que simplesmente relaxar o organismo; elas asseguram um estiramento, um desencadeamento dos sistemas corporais.
Muito regeneradoras, permitem igualmente estar mais presente, mais centrados sobre os seus sentimentos, e, uma coisa é certa, estando centrado e presente, não pode estar stressado.
Se não pratica nenhuma desta disciplinas aconselho-o vivamente a informar-se sobre os « 5 Tibetanos», 5 movimentos muito simples e excelentes em muitos aspetos.

O interesse do relaxamento.
A fadiga muscular é bem mais sã do que a fadiga nervosa que esgota os nossos recursos. Insidiosamente, mas com firmeza, ela aumenta a acidez geral do corpo e sobrecarrega o trabalho do fígado.
Descontraia-se, tome o seu tempo para relaxar, ouça música suave, medite. Se lhe falta tempo, pode simplesmente acrescentar no seu banho algumas gotas de óleo essencial com efeito calmante, como a flor de laranjeira, ou ylang-ylang.

Técnica simples de automassagem
A massagem otimiza o relaxamento, recupera o sistema linfático e circulatório e permite eliminar muitas toxinas alojadas nas tensões musculares. Longe de ser uma perda de tempo, só tem a beneficiar com isto. Reparei que tinha frequentemente muito boas ideias a seguir a uma massagem.
Diretores de empresas invocam igualmente o fato de tomarem decisões acertadas a seguir a uma boa massagem e relaxamento.
Se tiver possibilidades de se massajar regularmente neste período, é o ideal. Senão automassagens regulares serão muito benéficas. Utilizo desde há vários anos uma massagem do abdómen bastante simples para realizar sobre si próprio e com resultados provados nos órgãos internos.
Aqui tem: deite-se, aqueça as mãos esfregando-as uma contra outra, coloque a mão direita sobre o umbigo e faça rotações suaves no sentido dos ponteiros do relógio. Vá alargando o círculo e regresse pouco a pouco para perto do umbigo. Continue até sentir uma sensação de calor intenso sob as suas mãos e na barriga.
Fique deitado ainda alguns minutos para aproveitar o máximo dos benefícios desta massagem. Drenante e energizante, a sua ação nos órgãos internos e no sistema digestivo será bastante benéfica se for feita diariamente.

3 minutos para 6 horas de menos stress
Proponho-lhe igualmente um exercício diário de respiração consciente, mas não é um exercício qualquer: está estudado, desde há alguns anos no quadro da coerência do ritmo cardíaco, pelos seus efeitos sobre o stress.
Posição sentada com as costas direitas ou posição deitada. Durante pelo menos 3 minutos, respire conscientemente, inspirando durante 5 segundos. Depois expire durante 5 segundos, o que corresponde a 6 ciclos respiratórios por minuto, ou seja 18 respirações em 3 minutos ou 30 respirações em 5 minutos. Se fez o exercício corretamente e até ao fim, obterá aquilo que se chama um estado de coerência cardíaca. Por outro lado o aporte de oxigénio fornecido por esta respiração controlada permite agir profundamente sobre o estado psíquico e desenvolve a alegria interior.

A magia do coração
É possível medir os efeitos deste exercício respiratório sobre a variabilidade da frequência cardíaca graças a um software e um captador de orelha.
Os estudos, essencialmente americanos, demonstraram que 3 a 5 minutos neste estado de coerência cardíaca permite baixar significativamente a hormona do stress durante mais de 6 horas. Seria uma pena privar-se disto.
Fique descansado, não precisa de investir num software, visto que o ritmo de 6 ciclos respiratórios por minuto é a chave desta prática. É a regularidade que fará a diferença, assim sendo programe 3 sessões diárias de 3 minutos de respiração na sua agenda afim de iniciar esta prática com boas bases. Se o seu tempo é limitado, porque não associá-la à sua caminhada diária de pés descalços?
Até aqui está bem munido para empreender a sua cura nas melhores condições, com uma visão conjunta do processo. Assim sendo, aqui tem alguns complementos que farão a felicidade das suas células.

(Caroline Benson - A Grande Cura "Détox")

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:53



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D