Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Parece bastante paradoxal. Mas, claro, agora sabemos o que o filósofo interno vai dizer: é e não é.
O que existe é o que é real, e o que é real é tudo que existe. No momento de escrever, eu existo, Londres existe, o número 3 existe e muitas outras coisas existem. Mas nem todas as coisas reais são iguais. Sim, você existe ao ler isto – mas não precisava existir, já que existem muitas possíveis circunstâncias nas quais você não existiria. Suponhamos que o Big Bang nunca tenha ocorrido; suponhamos que a vida na Terra nunca teve início; suponhamos que sua mãe não tivesse um espasmo bem no momento da inseminação. Essas coisas não aconteceram, mas poderiam ter acontecido, e se tivessem, você não teria acontecido. E isso significa que sua existência é “contingente”, quer dizer, contingente de todas as coisas que o criaram, mas não tinham de acontecer.
Ao contrário, considere objetos matemáticos como o número 3. Ele nunca foi criado, sua existência não foi concebida ou feita e não existe nenhuma possível circunstância na qual ele não teria existido. Portanto, o número 3 existe não como contingência, mas como necessidade.
O real, então, divide o contingente e o necessário. Mas há mais – porque nem tudo é real.
O que faz a sua existência contingente é que há circunstâncias possíveis nas quais você não teria existido e talvez outras coisas tivessem existido no seu lugar (pense naquele espasmo!). Mas se existem realmente outras possibilidades, então o mundo contém mais do que aquilo que é real. Deve também conter essas possibilidades.
Pense no seguinte: se você simplesmente listou tudo o que existe realmente, não teria dado completamente conta do mundo – pois essa lista deixa de fora o fato verdadeiro de que outras coisas poderiam ter existido. E é o que queremos dizer quando falamos que o mundo também contém essas possibilidades.
Não, não existe nada mais no mundo além do que realmente existe, se o que existe é tudo que é real e possível, mas existem mais coisas no mundo além do que é meramente real.
 
CAPÍTULO RELACIONADO:
* TUDO QUE EXISTE
 
(Andrew Pessin - Filosofia em 60 segundos : expanda sua mente com um minuto por dia!)
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:22



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D