Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




ESTE NÃO É O FIM

por Thynus, em 20.04.17
 
Muitas coisas nunca terminam. Espaço. Tempo. Números. As perguntas que fazem as crianças.
E a filosofia.
Você tenta convencer alguém – ou a si mesmo – de algo oferecendo razões para acreditar naquilo. Mas sua crença só é válida de acordo com suas razões, então apresenta razões para aceitar suas razões. Mas essas razões precisam de razões mais profundas, e aí você desiste. Como resultado, parece com frequência que não existe nenhuma resposta às questões filosóficas: há somente mais argumentos, mais objeções, mais respostas. E pode facilmente parecer que nem vale a pena começar. Por que se importar? Você nunca vai terminar. Dá na mesma tentar contar todos os números.
Mas existe outra maneira de pensar nisso.
Mergulhei pela primeira vez há pouco tempo. Foi uma experiência incrível. Existe todo um mundo debaixo da água que eu não conhecia. Esse mundo está povoado com incontáveis criaturas, com todos os tipos de relações complexas naquele ecossistema emaranhado. Na verdade, cada coisa está conectada a todas as outras: este é comida do outro, que expele compostos químicos usados pelo outro, que expele produtos usados por outros, e por aí vai. Incrível, fascinante e absoluto, profundamente lindo. Esteve ali o tempo todo, só esperando que eu mergulhasse.
Se você me contasse agora que aquele oceano vai existir para sempre, cheio de criaturas mais incríveis em relacionamentos mais impressionantes – eu não diria: “Bem, então, para que vou perder tempo entrando aí?”. Em vez disso, diria: “Onde posso conseguir um traje de mergulho?”.
Assim é a filosofia. Está cheia de incontáveis ideias, conceitos e seres incríveis, que existem em todos os tipos de relacionamentos lógicos complexos uns com os outros. E, ao contrário do oceano real, este é infinitamente profundo: por onde você entrar é possível continuar sem parar. O que você deveria pensar, não é: “Por que entrar?”. Na verdade, é: obrigado, muito obrigado.
Mas, claro, este mundo é só este mundo, dentro do qual você está. Vai descobrir que já está neste grande oceano o que pode estar procurando. Só precisa começar a pensar nele. A primeira gota naquele balde é uma onda até o infinito.
Este é o começo.
 
CAPÍTULO RELACIONADO: O FILÓSOFO DENTRO DE VOCÊ

(Andrew Pessin - Filosofia em 60 segundos : expanda sua mente com um minuto por dia!)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:51



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D