Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Análise psicológica do coração

por Thynus, em 03.04.15
Se algo em nossa vida causou-nos sensações fortes de tristeza, medo, ódio, desgosto, etc., o corpo servirá como portavoz da nossa mente, para nos mostrar que estamos saturando nosso coração, guardando tantos "lixinhos" do passado ou medos do futuro.

Cristina Cairo

É o órgão que representa sentimentos de perdas.
Quando uma pessoa permite que os problemas a afetem emocionalmente, as suas preocupações com relação ao futuro aumentam e seu coração padece fisicamente. A insuficiência da válvula mitral, por exemplo, significa que a pessoa, que acha que está sendo lesada, nutre sentimentos de vingança contra alguém próximo.
O medo de ver seus bens materiais diminuírem ou serem roubados; arrastar por muito tempo problemas emocionais; a falta de alegria de viver e o sentimento de ter o coração "!apertado" de tanto sofrimento também conduzem a vários problemas cardíacos.
Normalmente as pessoas cardíacas são autoritárias, não admitem erros e têm um comportamento inflexível, sofrem do miocárdio, que enrijece. Mesmo que, julgando as aparências, você afirme que não é inflexível, faça uma reflexão sincera e responda a si mesmo: quantas vezes você teima, incansavelmente, por uma causa? Quantas vezes você não dorme direito só em pensar que podem estar passando-o para trás em alguma questão?
Se estas são as suas atitudes mais comuns e você ainda não é cardíaco, pare imediatamente de temer "perdas"! Deixe de ser "turrão" com os outros e consigo mesmo e exija menos da vida. Deixe que ela aconteça sem pressioná-la. Acalme-se! Equilibre suas emoções e descubra o prazer de viver sem tensões.
Envolva-se com a sensação de bem-estar que a calma oferece. Como? Arrependa-se humildemente de ter alimentado sentimentos de vingança contra alguém e perdoe do fundo do seu coração! Só, então, você estará livre de qualquer problema cardíaco. Enquanto você desconfiar das pessoas que o rodeiam, pensando que vai ser traído a qualquer momento, suas forças se esgotarão e poderão até levá-lo à morte. Economize as suas energias deixando de premeditar fatos. Por mais clara que seja a situação, quando estamos calmos e receptivos, percebemos as soluções que a vida nos oferece por si mesma. Perceba e elimine aquele medo de ser abandonado pelas pessoas que você ama. Há pais, e mães, que passam a ter sérios problemas cardíacos — até fatais — quando um de seus filhos casa-se e afasta-se para outro local. Inclue-se nesta hipótese até a simples intenção, por parte dos filhos, de ir morar sozinho.
Na verdade você está precisando freqüentar algum lugar que o ensine a respeitar a si mesmo e descobrir mais sobre o mundo espiritual, o que lhe dará forças extras no momento que elas forem mais necessárias. Relaxe e desapegue-se de coisas e pessoas.
Chame a felicidade e deixe-a entrar em sua vida para sempre.


(Cristina Cairo - Linguagem do Corpo: aprenda a ouvi-lo para uma vida saudável)

 
 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:52


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds