Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A nova presidente do Brasil Dilma Rousseff prepara-se para assumir a pesada herança de Lula, capaz de alterar o Estado verde-amarelo, e fazê-lo tornar-se uma grande potência mundial. O compromisso que a nova presidente quer tomar com o país é ambicioso, mas também um imperativo: erradicar a pobreza e dar a todos uma oportunidade de promoção social. Os primeiros pontos a serem abordados serão o combate à desnutrição, com um programa alimentar que pode matar o problema da fome, ainda presente num país que é um candidato a se tornar um dos motores económicos do planeta; depois, não menos urgente, o problema habitacional com a maioria dos pobres que vivem em favelas insuportáveis para um país civilizado, um propósito duplo, porque permite combater o alto índice de doenças endêmicas que se propagam destas aldeias à margem da sociedade . Os sociólogos estão olhando com atenção para a evolução política da nova presidente e como saberá combinar as promessas de uma nova coesão social num estado rico não apenas economicamente, mas, acima de tudo,de disparidades sociais e econômicas. Trata-se de operar uma redistribuição da riqueza com as classes mais baixas, sabendo envolver toda a sociedade brasileira num processo compartilhado de auto-transformação. Será interessante ver a reação das classes dominantes a quem será inevitavelmente pedido para abdicar de receitas em troca de paz social, mas a quem será dada uma nova chave para obter ganhos através de economias éticas e sustentáveis, que certamente aumentarão graças a subsídios do governo. Se o novo modelo, porque inevitavelmente deverá ser novo, for bem-sucedido, o Brasil será um sério candidato a líder dos países em desenvolvimento exportando um sistema social que será capaz de assegurar um bem-estar sustentável, tanto econômica como socialmente, e poderá mesmo ser um País líder na exportação da democracia em todo o globo de forma suave e sem armas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:30


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds