Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Mudança de necessidades

por Thynus, em 05.12.12


Se você mora ou namora o mesmo parceiro por muito tempo, logo precisará de alguns estímulos para manter o sexo renovado e excitante. Muitos casais insatisfeitos com o sexo ou com a intimidade simplesmente precisam variar repertório, mas iniciar estas mudanças pode evocar o medo nas mulheres e a inadequação nos homens. Se uma mulher expressa interesse por uma nova prática s
exual, um homem pode pensar: “Eu não sou bom o bastante” ou “E se eu não conseguir?” “Isso quer dizer que ela está insatisfeita comigo?” “De onde ela tirou essa idéia?” “Há quanto tempo ela está infeliz?” “Será que ela tem outro?” Se um homem expressa interesse por uma nova prática sexual, uma mulher pode pensar: “Será que ele vai ficar com raiva se eu disser não?” “Ele vai me deixar se eu não o satisfizer?” “Será que ele vai se afastar de mim se eu não colaborar?” “Eu tenho que fazer tudo o que ele quer para mantê-lo comigo?” “Se eu disser sim, o que ele vai exigir depois?”

Ironicamente, as mudanças necessárias para proporcionar a excitação e intensificar a conexão provocam ansiedade porque elas ameaçam a estabilidade da união. Os casais estabelecem rotinas necessárias. A constância e o compromisso são reconfortantes. Mas quanto mais bem acomodado você fica, menos excitante sua vida sexual se torna — a não ser que você simplesmente faça alguma coisa para mudá-la.
A falta de desejo pode não ser o único motivo para que um de vocês ou os dois renovem a vida sexual. A verdade é que, com o tempo, homens e mulheres precisam mudar as preliminares e a transa para alcançar excitação. Por exemplo, nos primeiros anos da vida de uma mulher, o simples ato do pênis entrando na vagina desencadeia um prazer comparável ao orgasmo. Com o tempo, ela não só quer a penetração, corno também a estimulação do clitóris para se satisfazer. É por isso que os casais que talvez não tenham começado pela prática de sexo oral ou pela masturbação em algum momento mudam as preliminares, incluindo esses tipos de estímulo. Os homens, nos primeiros anos, são facilmente excitáveis com estímulo visual. Simplesmente ver a parceira se despir pode despertar o desejo do homem. À medida que ele envelhece, o estímulo visual ainda funciona, mas pode ser necessária uma forma mais provocadora, por exemplo, ver a parceira se tocar ou tocá-lo.

(Patricia Love & Steven Stosny – “Não discuta a Relação”)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:05



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D