Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




...

por Thynus, em 04.12.12
"A grande maioria dos seres humanos continua presa nas garras do modo egoico da consciência: identificada com a mente e dominada pela mente. Se os seres humanos não se libertarem da mente a tempo, serão destruídos por ela. Passarão por experiências cada vez mais intensas de confusão, conflito, violência, doença, desespero e loucura. A mente egoica é como que um navio a afundar-se. Se não o abandonar, afunda-se com ele. A mente egoica colectiva é a entidade mais perigosamente louca e destrutiva que algum dia habitou este planeta. O que pensa que acontecerá ao planeta se a consciência humana continuar igual ao que é hoje?
Já para a maioria dos seres humanos, a única "folga" que eles têm das suas próprias mentes é quando por vezes revertem para um nível de consciência inferior ao do pensamento. É o que toda a gente faz, todas as noites, durante o sono. Mas isso também pode acontecer, em certa medida, através do sexo, do álcool e de outras drogas que suprimem a actividade excessiva da mente. Se não fosse o álcool, os tranquilizantes, os antidepressivos, assim como todas as drogas ilegais, todas elas consumidas em grandes quantidades, a insensatez da mente humana tornar-se-ia ainda mais flagrantemente óbvia do que já é. Creio que, privada das drogas, uma grande parte da população tornar-se-ia um perigo, tanto para si própria como para os outros. É evidente que as drogas só servem para manter o ser humano atolado na disfunção. O seu uso tão difundido não faz mais do que atrasar a queda das velhas estruturas da mente e o aparecimento de uma consciência mais elevada. Apesar de os utilizadores individuais poderem obter algum alívio da tortura diária que lhes é imposta pelas respectivas mentes, a verdade é que esse consumo os impede de gerar a presença consciente necessária para se elevarem acima do pensamento e assim encontrarem a verdadeira libertação."

(Eckhart Tolle, in "O Poder do Agora")

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:37



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D