Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vamos falar de tolerância

por Thynus, em 08.12.13

 

Morreu Nelson Mandela e é tão fácil encher a boca para falar do exemplo que nos deixa. É impossível não perceber a importância que, no século XX, teve este homem. A ele só se compara Mahatma Gandhi. 


O século em que a maioria de nós nasceu teve muitos estadistas, mas ninguém se compara em exemplo para a humanidade com estes dois grandes senhores. Em situações muito adversas e claramente desiguais perante os seus opressores, lutaram pela libertação dos seus povos com uma marca que eles quereriam que durasse no tempo e em todo o mundo: a tolerância.
Mandela não foi sempre assim, mas foi tolerante que se afirmou como exemplo no mundo inteiro. Ele conquistou o poder para incluir os que o excluíram. E nós por cá? Estaremos disponíveis para aprender com este exemplo?
É verdade que vivemos tempos difíceis em que mais facilmente se extremam as posições. Mas o que nos leva a ser intolerantes até com a opinião dos outros? Acontece demasiadas vezes sermos surdos aos argumentos dos outros. Acontece demasiadas vezes querermos catalogar negativamente os outros apenas porque pensam de forma diferente.
Precisamos de ser mais tolerantes. Com as ideias que não são as nossas. Com o sucesso dos outros. Com os que erraram mas aprenderam com os erros. Com os nossos falhanços. Com os que têm o que queríamos ter.
Não há, no entanto, justiça quando tratamos toda a gente da mesma maneira, os que são solidários e os que não são, os que dizem a verdade e os que mentem... Mas a justiça não é reposta apenas porque somos intolerantes com os que não acompanham as nossas ideias.
Ainda assim, só seremos verdadeiramente herdeiros da tolerância de Mandela e de Gandhi se soubermos ser igualmente intolerantes. Pode parecer uma contradição, mas não é. Precisamos de ser mais intolerantes não com as pessoas mas com as coisas. Com as injustiças da sociedade que sacrifica a dignidade de alguns em nome de um pretenso mérito dos que têm tudo. Com a falta de emprego para quem quer trabalhar. Com a fome de milhões de seres humanos. Com a pedofilia, dentro da Igreja e fora dela. Com tantas outras coisas.
Mandela ou Gandhi, pela tolerância que tiveram em relação aos seus carrascos, ajudaram a mudar de forma significativa o mundo em que vivemos. Foram tolerantes mas não se renderam nunca na batalha que travaram por sociedades mais justas. Todos os que reconhecem em Mandela um exemplo de vida deveriam estar obrigados a mantê-lo "vivo", acrescentando um pouco mais de tolerância na relação com os outros.

(Paulo Baldaia)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:59


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds