Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Dublê do Diabo

por Thynus, em 10.11.13

 

 

 

Bagdá, uma cidade-playground para os ricos e infames, onde tudo pode ser comprado, mas a um preço alto. Este é o mundo do psicopata sádico Uday Hussein, filho de Saddam, um mundo de luxúria depravada, corrupção, imoralidade. Uday só pensa em seu próprio prazer, em matar pessoas de forma arbitrária, em tomar posse dos bens dos outros, em estuprar e matar jovens mulheres, casadas ou solteiras, raptadas da rua. Latif Yahia, tenente do exército, tenta impedi-lo, mas é convocado ao palácio e se depara com um pedido impossível de Uday: fazer o seu dublê, o seu duplo, e se ele se recusar, a família de Latif será massacrada. Com a sua vida e a de sua família em jogo, Latif cede ao pedido, e é constrangido a aprender a falar, andar e agir como Uday. Tenta fugir, mas percebe que a fuga da cova do demônio tem um custo muito elevado. Uday não o mata, Latif é o melhor dublê que ela poderia encontrar.

 

Um filme de Lee Tamahori com Dominic Cooper, Ludivine Sagnier : Bagdá, década de 80. 

Oriundo de uma família rica no Iraque, Latif Yahia conheceu Uday Hussein, filho mais velho de Saddam e irmão de Qusay, durante seus anos de faculdade na Universidade de Bagdá. É aqui que, pela primeira vez foi destacada a semelhança física extraordinária entre os dois. Contudo, Latif tinha posições anti-guerra e se recusou a servir no exército durante os anos de conflito entre Irã e Iraque. Mas um dia "abriram-se-lhe" as portas do Palácio Real, a sua prisão de ouro. Antes de conseguir escapar e obter asilo político na Áustria e nos Estados Unidos, Latif Yahia viveu em contato muito próximo com Uday e foi testemunha da sua crueldade  e do  seu estilo de vida arrogante, perverso e devasso, daí o apelido de "o lobo" .   

Como homem livre, Latif Yahaia escreveu três livros onde narra a sua experiência ao serviço de Uday: I Was Saddam’s Son, The Devil’s Double e The Black Hole: The Real Story of the Man Who Was Forced to Become the Double of Saddam Hussein’s Sadistic Son.
Dominic Cooper com Ludivine Sagnier numa sequência de Devil's Double

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:46


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds