Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Eu e Sande vamos ao Caruso, um restaurante aqui em Tucson [cidade do Estado norte-americano do Arizona], há quase quarenta anos. Apesar disso, a única coisa que já comi lá foi lasanha.

Isso deixa Sande maluca.

— Por que você não pede o frango à caçadora? — ela me perguntou certa vez.

— Porque eu não gosto de frango à caçadora!

— Mas se você pedisse o frango à caçadora, eu poderia provar um pedaço.

— Ouça, querida, se você quer um pedaço do frango à caçadora, vou pedir um frango à caçadora para você.

— Mas assim não vou comer o frango à Giovanni! Você sempre pede lasanha aqui!

Lasanha me satisfaz. Por que me arriscar?

Mas, aí é que está: por mais que eu ame lasanha, não quero comer isso todas as noites. Uma vez por semana, talvez. Duas vezes? Provavelmente não. Por mais que adore aquela massa macia, aquele queijo grudento e um molho de tomate escorrendo, não conseguiria comer tanto.



PREPARE ALGUMAS PEQUENAS SURPRESAS...

Você provavelmente já sabe onde quero chegar. A posição “papai e mamãe” é uma maneira maravilhosa de alinhar dois corpos. Não consigo pensar em uma melhor. É íntima, terna e os resultados são comprovados há muitas gerações. Provavelmente três quartos do mundo foram concebidos dessa maneira, e quem sabe quantos orgasmos de enlouquecer foram alcançados assim?

Mas se vocês vão fazer amor duas vezes por semana ou mais, até mesmo a posição mais comum vai cansar um pouco. Neste capítulo, vamos fazer algumas experimentações. Esteja ciente de uma coisa: um ou outro exercício podem melindrar alguns de vocês, mas tudo bem. Se alguma coisa não fizer seu motor funcionar, não se dirija à saída. Siga em frente e veja a porta seguinte.

Mas se seu cônjuge estiver curioso, talvez, em uma noite especial, você possa preparar uma pequena surpresa...



 

 
 

Quase nua

“Por que devo gastar cinquenta reais numa lingerie nova? Ele nunca me deixa usá-la por mais do que cinco minutos!”

A reclamação de Márcia faz sentido — para uma mulher. Mas qualquer homem poderá dizer que aqueles cinco minutos são bastante especiais. A verdade é que a maioria dos homens quer que sua esposa vá para a cama vestida, e não nua.

“Por quê?”, você deve estar perguntando.

Para que possa despi-la.

Sou um forte defensor da monogamia — duas pessoas que, por toda a vida, nunca compartilham relações com qualquer pessoa que não seja seu cônjuge. Mas vamos encarar o seguinte: as pessoas gostam de variar. A lingerie prepara o terreno para a variedade. Homens diferentes desejam estilos diferentes. Alguns gostam de laços, outros, de transparência; alguns apreciam cetim, outros, couro; alguns gostam de cores vivas, a maioria provavelmente gosta de preto. A escolha que você faz da lingerie pode estabelecer o clima — clássica, “maliciosa”, vitoriana. Varie um pouco, deixe seu homem tentando adivinhar, e você vai fazê-lo feliz.

Além disso, o uso de lingerie vai demonstrar a seu marido que você pensou naquele encontro sexual antes que ele acontecesse — e isso vai excitá-lo de fato. Ele vai perceber que você decidiu ir a uma loja de lingeries, procurou nas prateleiras, comprou uma peça que achava que ele iria gostar e, então, planejou uma noite para exibi-la. O que eu não daria por uma câmera que pudesse lhe mostrar o que essa atitude faz um homem sentir por dentro. Se você pudesse ver a reação dele, faria isso o tempo todo. As pessoas da loja de lingeries passariam a conhecê-la pelo primeiro nome.



Acenda o meu fogo

Isto pode soar vulgar para algumas pessoas, mas experimente para ver. Algumas lojas vendem lâmpadas semelhantes a vitrais coloridos que lançam uma luz diferenciada no ambiente. Ou você pode tentar usar um abajur que crie o mesmo efeito. Isso pode ser interessante para ocasiões especiais.

Na minha opinião, a melhor maneira de variar a iluminação é com o uso de velas; o número e até mesmo a cor das velas pode influir na ambientação. De qualquer modo, o que vocês estão fazendo é modificar o local — ou pelo menos a aparência do local — onde fazem amor. Fazer isso por menos de cinco dólares é um bom negócio.



Perfumes e odores

O perfume é outra maneira de manter as coisas novas e frescas na cama. Portanto, esposa, experimente um perfume novo. Use um novo gel de banho. Seu objetivo é que, assim que você subir na cama, o nariz de seu marido seja agradavelmente atingido por uma fragrância que ele nunca sentiu antes. Isso vai despertá-lo de uma maneira tal que você poderá ficar surpresa.

Marido, apenas por brincadeira, você talvez queira saber que os pesquisadores de fato estudaram quais são os odores mais atraentes para as mulheres:



Pesquisadores da Fundação de Tratamento e Pesquisa do Olfato e Paladar de Chicago [...] descobriram que uma combinação de doce de alcaçuz, pepino, talco de bebê, lavanda e torta de abóbora causou o maior incremento na excitação sexual feminina. Alcaçuz com pepino foi o odor mais excitante; cereja foi o mais inibidor [...]. Os pesquisadores descobriram que colônias masculinas na verdade reduzem os níveis de excitação.[1]



Pepino...?? Oh, bem, eles são pesquisadores.

Em outras palavras, rapaz, prepare uma salada de pepino, espalhe talco de bebê no peito, coma um pedaço de torta de abóbora e uma barra de doce de alcaçuz, jogue algumas borrifadas de lavanda no quarto e sua esposa estará prontinha!

Aqui vai uma sugestão esperta para a esposa: diga a seu marido que você “escondeu” seu perfume em alguma parte do seu corpo e quer que ele descubra onde foi. Ele gostará da busca tanto quanto você!



Troque os lençóis

Marido, aqui está uma maneira de realmente agradar sua esposa. Lençóis de linho, algodão e seda têm cada um seu toque particular. Uma vez que as mulheres gostam tanto do aspecto sensual do sexo, pode ser um verdadeiro prazer surpreendê-la com um novo jogo de cama. Os lençóis tocam mais o corpo de sua esposa do que você mesmo, de modo que peças novas podem realmente fazer diferença no modo de perceber o ato de amor.

Mas, aqui vai uma dica: dar a sua esposa um novo jogo de lençóis ainda dentro da embalagem não é uma coisa particularmente sexy a se fazer. Troque a cama você mesmo e surpreenda sua mulher quando puxar a colcha.

O tipo de lençol que você escolher pode determinar o ritmo de sua sessão de amor. O algodão é a escolha mais apropriada para o sexo longo e lento. A seda pode aumentar a intensidade. E se você realmente quiser ficar fogoso, considere a ideia de usar uma cobertura plástica (ou uma cortina de banho) e um frasco de óleo de bebê — essa é uma sensação completamente nova!

Outra coisa que o homem pode fazer além de usar lençóis totalmente novos é colocar algo sobre eles. Fiquei hospedado em um hotel certa vez e percebi que, quando puxei as cobertas, logo atrás da cabeceira, no chão acarpetado, havia uma quantidade de pétalas equivalente a uma dúzia de rosas. Algum marido atencioso deve ter criado uma cama de pétalas de rosa para sua esposa numa viagem anterior. Que ideia maravilhosa!

Qualquer flor delicada serve — simplesmente arranque as pétalas e jogue-as por cima da cama. Elas criarão uma sensação nova assim que vocês se deitarem sobre elas, e você também pode usá-las para acariciar sua parceira. Talvez você queira apanhar um punhado e jogar sobre sua esposa antes de se colocar por cima dela. A fragrância e a sensação fornecerão uma experiência original e muito prazerosa.

No século XV já se fazia depilação total por questões de higiene e claro, evitar piolhos e criaturas afins.
 

O corte ousado

A jovem esposa pega o marido cansado no aeroporto e segue pela rodovia.

— Estou ansiosa para que você veja meu novo corte de cabelo.

— Perdão, querida — desculpa-se ele. — Não percebi.

— É claro que não — provoca ela. — Não estou falando da minha cabeça.

Uau! Agora ela conseguiu a atenção dele!

Você pode ter um pouco de receio de cortar os pelos “lá embaixo”, uma vez que pode ser desconfortável, mas algumas mulheres usam depiladores, o que significa que não haverá coceira quando os pelos crescerem novamente. Uma simples acertada nos pelos também pode fazer maravilhas.

Pense nisto: você gasta centenas ou até milhares de reais por ano para arrumar o cabelo da sua cabeça, e muitas mulheres gastam pelo menos trinta minutos por dia arrumando as madeixas antes de sair de casa. Que tal oferecer um tratamento especial a seu marido ao arrumar outros “cabelos” que crescem em seu corpo?

A questão do desconforto (especialmente à medida que os pelos voltam a crescer) provavelmente impedirá muitas esposas de transformarem isso num estilo de vida, mas naquelas ocasiões especiais, uau! Lembre-se: para o seu homem, o novo é quase sempre mais excitante.



O sexo termina na cozinha

Muitos leitores devem estar familiarizados com meu livro O sexo começa na cozinha, no qual falo sobre como um marido precisa enxergar a ajuda com a louça como sendo uma preliminar — mas por que reservar a cozinha apenas para a preliminar? Se as crianças estiverem fora, vocês podem ter uma experiência gourmet sexual completa na cozinha!

Sejam criativos. O rolo para massas, se usado com delicadeza, pode oferecer uma massagem revigorante. A peneira para açúcar pode ser usada para algo além do bolo — criando uma “doce” experiência sexual para ambos. Canudos comuns podem promover brincadeiras tentadoras nas mãos de um cônjuge criativo. Soprar o ar de leve em várias partes do corpo de seu amante cria sensações maravilhosas.

Dê uma olhada na geladeira ou no freezer. Sabe aqueles cubos de gelo? Encontre maneiras criativas de fazê-los derreter. E aquelas raspas de gelo... Hummm. O que podemos fazer com aquilo? Ah, olhe — há um pouco de cobertura de chocolate, mel, talvez um pouco de chantili.

Por que vocês nunca usaram esse cômodo antes?



Luzes!

Certo, imagine a cena: o quarto está totalmente escuro. Vocês dois estão debaixo das cobertas, tão nus quanto vieram ao mundo, a não ser pelas alianças. De repente, seu cônjuge pega uma lanterna pequena e começa a explorar seu corpo, que parece quase novo sob a escuridão; a luz destaca partes prazerosas que ele ou ela talvez nunca tenha apreciado antes — pelo menos não assim!



Adequadamente divertido

Esposa, se você tem alguma peça de roupa íntima que está prestes a ser descartada, não a jogue no lixo. Em vez disso, choque seu marido colocando-se na frente dele usando apenas aquela peça e diga: “Se você conseguir tirá-la de mim, sou toda sua”.

Resista um pouco, mas não muito. Você pode até mesmo balançar uma tesoura na frente dele.

Eu sei, a ideia de seu marido cortar aquela peça de roupa íntima pode parecer tola, mas a grande maioria dos homens vai achar que é bastante provocante.

Acredite em mim.



Espelho, espelho e parede

Existe um hotel de luxo na cidade de Buffalo, no estado norte-americano de Nova York, chamado The Garden Suite, que aprendeu como manter o romance vivo em muitos casamentos. Um dos quartos de luxo tem uma banheira de hidromassagem que é grande o bastante para duas pessoas, mas uma banheira grande não é assim tão especial. O que a torna um pouco diferente são os dois espelhos de parede inteira ao lado dela.

Esposa, seu marido é despertado pela visão. Não estou falando aqui de pôster de meio de revista. Acredito que a pornografia pode destruir um casamento. Você não precisa ter a aparência de Pamela Anderson[2] para atrair seu esposo. Ele quer vê-la.

Aqui está o truque: olhar para você num espelho cria uma sensação completamente diferente. Uau, ele adora isso!

Deixe que ele tire sua roupa — na frente de um espelho. Se precisar diminuir as luzes para não se sentir tão destacada, que assim seja. Em vez disso, talvez você queira usar luz de velas. Mas permita a seu marido fascinar-se por seu corpo. Você não quer que ele leia a Playboy ou que vá a uma boate de striptease — e se ele for um marido amoroso, também não desejará nada disso — por isso deixe-o olhar para você.

Se você quiser partir para a ousadia, deixe-o fazer amor com você na frente do espelho. Deixe-o encher os olhos. Quando fizer isso, criará nele um desejo ainda maior por você. O coração dele se elevará e, como resultado, ele se sentirá extraordinariamente próximo de você.

A não ser que possuam um espelho móvel por perto, talvez vocês precisem encontrar um hotel que tenha um espelho que sirva. Se ele estiver mal posicionado, alguma coisa do outro lado do quarto parecerá muito distante (como se você estivesse olhando pelo lado errado de um telescópio) e estragará completamente o efeito. Se você e seu marido tiverem de entortar os olhos para ter uma ideia do que está acontecendo, terminarão desvirtuando o propósito da coisa.

Considere a ideia de colocar uma manta ou lençol ao lado de um espelho. Se vocês conseguirem encontrar um lugar onde existam espelhos em duas paredes diferentes, poderão incrementar o efeito. Para algumas pessoas, ver o que estão fazendo será muito estimulante; é algo que acho que todo casal deveria experimentar pelo menos uma vez.



Deleites da tarde

Já li a Bíblia inteira. Em nenhum lugar está escrito que você precisa esperar até que escureça para fazer sexo. Muitos casais casados — especialmente aqueles com filhos — caem na armadilha de esperar até que todas as coisas estejam arrumadas antes de até mesmo pensar em fazer sexo. As crianças precisam estar na cama, os tapetes devem estar aspirados, a louça do jantar tem de estar lavada e guardada etc. Então, e só então, a hipótese do sexo é considerada. Infelizmente, a essa hora, um dos dois — ou ambos — provavelmente estará dormindo.

Que casal já não enfrentou esse dilema? Vocês levantam pensando em sexo e até mesmo se envolvem numa pequena e leve preliminar. Talvez estejam com pressa — é hora de ir para o trabalho ou as crianças devem estar prontas a tempo de pegarem o transporte escolar — de modo que vocês prometem um ao outro que a paixão vai voar como um caça a jato mais tarde, naquela noite. Durante toda a manhã, os dois pensam no que vão fazer um ao outro mais tarde; de tarde, vocês imaginam como as coisas serão. Às 18 horas, vocês estão apressados. O jantar ainda não está na mesa e Melissa está demorando muito para fazer o dever de casa. Finalmente, às 19h05, algo semelhante a um jantar está diante da família. Às 20h30, todos estão alimentados e a louça está a meio caminho.

Enquanto isso, Jonas começou a encher a banheira, foi procurar seu brinquedo favorito e se esqueceu da água, até que a irmã grita dizendo que há um rio saindo por baixo da porta do banheiro. Melissa, a irmã mais velha, está pedindo mais ajuda com aquela lição de matemática. E vocês dois estão para lá de cansados.

Às 22h30, a última criança está finalmente na cama e, de repente, o sexo parece mais uma obrigação do que um prazer. Como uma coisa que parecia tão maravilhosa apenas dez horas atrás pôde se transformar agora em algo mais parecido com um trabalho?

Não deixe que o sexo se transforme no último item de uma longa lista de coisas a fazer.

Fisiologicamente, o corpo do homem está pronto para se envolver com o sexo como a primeira coisa a ser feita pela manhã. A maioria dos encontros amorosos dos romances no trabalho acontece durante a hora de almoço. E muitos casais enamorados descobrem que quando marcam um encontro durante um jantar, o jantar é a última coisa em sua mente. Então, por que apenas casais casados parecem adiar o sexo para ser a última coisa do dia?

Eu sei, eu sei, vocês são muito ocupados. Falaremos mais sobre isso em outro capítulo. Se tiverem condições, contratem uma babá, reservem um quarto em um hotel próximo e desfrutem do potencial do sexo para salvar casamentos, bem no meio do dia. Vocês terão uma cama arrumada e não precisarão arrumá-la ao sair. Pode não ser barato, mas o divórcio é muito mais caro no longo prazo.



Mantenha seu cônjuge na expectativa

Uma das maiores reclamações que ouço de esposas é que o marido parece estar seguindo algum mapa predeterminado: “Ele me beija três vezes, passa noventa segundos beijando e acariciando meu mamilo direito, trinta segundos no esquerdo, coloca a mão entre minhas pernas por três minutos e, então, está dentro de mim”.

Tanto para homens quanto para mulheres, uma das chaves para a satisfação sexual é manter o cônjuge na expectativa. Uma esposa que aconselhei era muito condescendente, mas também pouco imaginativa. Ela estava sempre disposta, mas seu marido queria mais do que disposição — queria vigor. Certa noite, ela praticamente abalou o mundo dele. Ele estava por cima dela, nas preliminares, quando, de repente, ela assumiu as rédeas, colocando-o de costas, agindo como se estivesse com pressa, como se mal pudesse esperar pela penetração. Então ela subiu em cima dele com entusiasmo, como se precisasse daquilo. Ele era um dos maridos mais felizes que já vi enquanto descrevia o que havia acontecido.

O ponto principal é manter seu cônjuge na dúvida. É claro que você não pode fazer isso toda semana, ou talvez nem mesmo uma vez por mês — mas, de tempos em tempos, é vital que você realmente surpreenda seu cônjuge. Deixe que ela fique pensando no que poderá vir em seguida. Se você é um daqueles caras que sempre começam “no andar de cima”, então inicie “no andar de baixo” e a surpreenda! Comece passando cinco minutos acariciando os pés dela, talvez passando alguma loção, talvez até mesmo beijando-os, e então comece a subir. Ou talvez deixe-a deitada de bruços e descubra algumas coisas para fazer nas costas dela.

Se você é uma mulher que normalmente se veste de maneira conservadora, por que não comprar um vestido que você jamais usaria em público — mas que vai usar para receber seu marido quando ele chegar em casa? Ou considere a ideia de fazer que ele tire toda a roupa enquanto você permanece vestida!



Barulho, barulho, barulho

O silêncio não é de ouro — pelo menos não no quarto. Marido, quando você murmura ou verbaliza sua aprovação, sua esposa se sentirá maravilhosa. Todo mundo quer ser bom na cama, mas sua esposa talvez não saiba quanto o faz sentir-se bem até que você lhe diga.

Esposa, duplique ou triplique sua atividade verbal. Muitas mulheres não percebem que podem levar um homem ao orgasmo simplesmente dizendo as palavras certas. Lembre-se: o entusiasmo sexual de uma esposa é o excitador número um para os homens. Quanto mais barulhenta você for, mais ele vai gostar. Use palavras, gemidos, murmúrios, rom-rons, até mesmo grunhidos ou gritos. Seu marido vai adorar.

O ruído mais íntimo, é claro, é ouvir seu próprio nome falado no ardor da paixão — talvez o maior excitador que existe. Diga o nome do seu cônjuge. Em vez de dizer “Você me excita”, diga “Você me excita, Roberto. Não acredito no quanto quero você”. Os homens poderiam dizer: “Ah, Andrea, você é tão bonita. Adoro o seu jeito”.

Se a conversa sexual é difícil para vocês, tente isto: usem uma venda na próxima vez em que fizerem amor. Eliminar o visual pode ajudá-los a enfatizar o verbal. Descrevam o que estão fazendo ou o que querem que seja feito. Comuniquem-se apenas por meio de palavras de modo que, com o tempo, a “carícia verbal” se torne uma parte natural do jogo de amor.

Já sei o que alguns estão pensando: “Mas, dr. Leman, temos crianças dormindo no quarto ao lado!”.

Não ter de se preocupar com o barulho é um dos prazeres do sexo no hotel. Mas mesmo quando estiverem em casa, vocês podem transformar o quarto num ambiente à prova de som ligando um ventilador barulhento, o aparelho de ar-condicionado ou colocando uma música suave. Vocês também podem considerar a ideia de fazer um isolamento acústico no quarto. Existem opções que não são tão caras quanto se imagina e, se isso faz que o casal tenha menos inibição no quarto, é um investimento que vale a pena.

Enquanto isso, se você sussurrar algo bem erótico direto no ouvido de seu marido, não existe a menor chance de seus filhos ouvirem — ou de seu marido esquecer!



De tirar o fôlego

Quer dar a sua esposa um tratamento especial? Na próxima vez em que estiver beijando os seios dela, afaste-se o suficiente para poder soprar sobre eles. Se estiver próximo, o ar sairá quente. Depois, afaste-se alguns centímetros a mais e sopre gentilmente — isso fará que o ar esfrie. É uma sensação deliciosa.

Mulher, você também podem fazer o mesmo no pênis de seu marido durante o sexo oral. Mas, marido, você precisa ser cuidadoso: soprar na vagina de sua esposa durante a gravidez é perigoso.



BRINCADEIRA SEXUAL

Nesta seção, quero olhar para o lado mais leve do sexo. Embora eu creia que o sexo seja um ato bastante significativo e espiritual, vamos encarar uma verdade: ele também pode ser muito divertido! Veja a seguir apenas algumas ideias para juntar riso e sexo.



Concentração

Se vocês estiverem a fim de uma forma mais leve de sexo, tentem isto: um dos cônjuges escolhe um desafio enquanto estão deitados na cama. Veja um exemplo: “Aposto que consigo citar mais estados que começam com a letra M do que você”.

À primeira vista, esse jogo parece simples e chato, mas deixei de fora alguns detalhes. Primeiro, nenhum dos dois está usando roupa. Segundo, o cônjuge que faz a pergunta está completamente livre para fazer qualquer coisa que quiser no corpo do outro cônjuge para “distraí-lo”. Lamber é permitido. Da mesma forma, beijar, soprar ar quente ou qualquer outra distração criativa.



Pebolim erótico

Alguns garotos pré-adolescentes provavelmente ficariam bravos e envergonhados se soubessem quanto seus pais estão se divertindo com seu presente de Natal favorito. Veja você, uma noite a esposa decidiu desafiar para um jogo o marido que só ficava diante da televisão. Ele não estava nem um pouco interessado até que ela disse: “E se a cada ponto o perdedor tiver de tirar uma peça de roupa?”.

Em menos de três segundos, o marido estava no jogo. A esposa ficou surpresa — ele já a vira sem roupas sabe-se lá quantas vezes, mas ainda existe algo de excitante em ver isso acontecer a cada preciosa peça.

Talvez você não tenha uma mesa de pebolim (também chamado de totó). Que tal usar um tabuleiro, um jogo simples ou um antigo jogo de cartas (strip pôquer)? Você não gosta da ideia do strip pôquer? Tudo bem; então que tal um strip paciência?



Comida e sexo

— Então, a qual restaurante você vai levar minha filha? — perguntei ao rapaz, adorando vê-lo embaraçado.

— Ao Bar das Ostras do Joe — responde ele.

— Esse é um restaurante de frutos do mar, não é? — perguntei. De repente, a temperatura na sala começa a subir cerca de dez graus por minuto. O restaurante do Joe é famoso, obviamente, por suas ostras. E ostras são conhecidas por serem afrodisíacas — exatamente o tipo de jantar planejado para diminuir as inibições naturais de uma jovem.

— Sim, é — disse ele, com uma cascata de suor escorrendo pela testa e pingando pelo nariz.

— Muito cheio às noites de sexta-feira, não acha?

— Já fiz reservas, senhor.

— Reservas? Então você já planejou tudo, hein?

— Creio que sim. Pensei que sua filha...

— Olha, quer saber? O Bar do Hambúrguer do Bob é mais barato. Minha filha adora um bom hambúrguer.

— Com certeza, estava mesmo pensando que talvez pudéssemos ter uma noite um pouco informal. Vou cancelar a reserva.

— Puxa, veja só; por acaso tenho um telefone bem aqui...

Aquele rapaz e eu sabíamos o que estava de fato sendo discutido. Ostras, M&M’s verdes, morangos com chantili, você escolhe — alguém já tentou atribuir poderes afrodisíacos a todas essas coisas. Embora a ciência não comprove essa associação, o sexo é tanto mental quanto físico. Portanto, se você achar que uma comida é sexy e excitante, ela se torna afrodisíaca.

Juntar comida e sexo é uma maneira popular de desfrutar de dois passatempos preferidos. Como duas escritoras observaram:



Um grande número de mulheres nos disse que compartilhar chocolate com o parceiro é algo especialmente erótico: chocolate na banheira, chocolate com champanhe, chocolate na cama. Se você acha que seu parceiro está aberto a esse prazer em particular, mantenha uma caixa de chocolates especiais por perto.[3]



Ainda que a ciência esteja longe de considerar o chocolate um genuíno afrodisíaco, é verdade que ele aumenta o nível de serotonina no cérebro, o que, sem afetar diretamente a libido, de fato tende a criar uma sensação feliz e agradável.

Há um hotel nos Estados Unidos, o Hotel Hershey, em Hershey, Pensilvânia, que oferece um serviço de imersão em chocolate a seus hóspedes. É possível pedir o “banho de chocolate espumante” diretamente no The Hershey Spa,[4] ou criar a própria versão, adicionando três colheres de sopa de chocolate em pó, uma colher de leite em pó, muita água quente, uma banheira que ninguém se importa de sujar um pouco e dois corpos nus. Algumas pessoas gostam de adicionar chantili ao seu “chocolate quente” — o lugar onde o creme é aplicado depende totalmente do casal.

Você também pode usar a comida para estabelecer o clima, fazendo dela um convite. Não existe um homem neste planeta que não saberia a intenção da esposa se abrisse sua pasta e encontrasse um pacote de M&M’s verdes com um bilhete dizendo: “Coma bastante disso e venha do trabalho direto para casa!”. A maioria das esposas entenderia instantaneamente se o marido entrasse no quarto com alguns morangos e chantili.

Naturalmente, não é apenas o que você come que pode estabelecer o clima, mas como você come. Reduzir as luzes pode ser uma experiência maravilhosamente sedutora. Se as crianças não estiverem em casa, ou se vocês estiverem jantando no quarto do hotel, diminuam as luzes e comam sem roupa! Uma esposa deu a seu marido um tratamento especial ao chamá-lo no celular, exatamente na hora em que sabia que ele estava no pior trecho da volta para casa.

— Querido, tenho más notícias — disse ela.

— O que foi?

— O dia foi muito difícil e não há um prato limpo na casa. Isso nos dá duas opções.

— Quais são elas?

— Bom, podemos comer fora, ou você poderia correr para casa e usar minha barriga nua como prato.

Não preciso dizer que o rapaz chegou em casa em tempo recorde!

Vestidos ou não, dar comida um ao outro é uma experiência bastante sensual, uma vez que ambos estão comendo do mesmo prato. Existe algo de bastante íntimo em compartilhar a mesma comida. Vocês precisam se sentar bem próximos, e o processo de colocar comida na boca de seu cônjuge é um poderoso ato de intimidade que pode dar início a todo tipo de paixões deliciosas e até mais voluptuosas.

Um rapaz com quem trabalhei me contou sobre quando levou sua esposa a um restaurante que atende pessoas que querem jantar com tranquilidade. Não há pressa, as baias são até certo ponto isoladas, e a atmosfera é mais que romântica. Lembro-me de ouvi-lo contar como alimentava sua esposa, colocando comida gentilmente em sua boca, quando ela o chocou quando disse “da próxima vez, coloque o dedo na minha boca”.

— E aí? — disse eu.

— Kevin, você não faz ideia de como aquilo foi excitante.

Realmente há algo de sensual em comer.



PERGUNTAS MAIS COMUNS

Embora eu seja um grande fã da variedade, com certeza é verdade que casais podem ir longe demais em algumas coisas. A Bíblia é maravilhosamente irrestrita naquilo que permite e até mesmo no que encoraja um casal a fazer na cama, mas a tecnologia moderna fornece algumas opções em relação às quais alguns cônjuges se sentem compreensivelmente cautelosos. Veja a seguir algumas das perguntas mais comuns a esse respeito.



O que dizer sobre o uso de “brinquedos” sexuais, incluindo vibradores?

Não há nada na Bíblia que proíba o uso de tais complementos conjugais, desde que não sejam degradantes ou indesejados pelos parceiros. Como uma maneira de prover variedade dentro do casamento, o uso ocasional de brinquedos pode ser uma ideia muito boa. De forma geral, porém, a maioria das mulheres achará esse tipo de orgasmo menos satisfatório em termos emocionais do que o que resulta do contato corpo a corpo. Falando como psicólogo, creio que vocês descobrirão que materiais de apoio como esse são ocasionalmente divertidos, mas não são o tipo de coisa que produz intimidade duradoura.



E quanto ao sexo anal?

Estou surpreso com a frequência com que essa pergunta surge. Não sei onde os homens estão pegando essa ideia, mas, cada vez mais, até mesmo entre casais cristãos, isso está se tornando uma questão importante, em geral, com o homem desejando realizá-lo e até pedindo, e a mulher demonstrando forte relutância.

Penso que parte da atração se deve ao fato de que, para alguns homens, o sexo anal parece “malicioso”, e eles acham que seria um bom tempero para o casamento. Contudo, Deus planejou a vagina para receber o pênis; ela foi projetada especificamente para o ato sexual. O ânus, sinceramente, não foi feito para isso. O sexo anal vai doer. Sim, algumas mulheres relaxam essa área para gradativamente receber o marido, mas existem outras questões — higiênicas e de outra ordem — que colocam essa prática sob questionamento. A área retal de uma mulher pode se romper facilmente, resultando em problemas de saúde dolorosos e embaraçosos — e como ela vai explicar isso a um médico? E quando você lança a questão das hemorroidas (que 70% das pessoas enfrentarão em algum ponto da vida) e coisas semelhantes, é melhor deixar essa prática de lado. Por acaso falei tudo isso de maneira muito leve? Se o fiz, peço desculpas. É pervertido, e creio que é errado!

Essa é uma área sobre a qual digo aos homens que eles precisam deixar de lado e se livrar de qualquer tipo de expectativa ou fantasia. É razoável e compreensível que uma esposa diga: “Quero experimentar e manter a variedade em nosso casamento, mas isso é algo que eu simplesmente não quero fazer”.



E quanto aos casais que assistem a filmes pornográficos juntos?

Uma das coisas que sabemos sobre as compulsões hoje — e temos aprendido muito sobre elas — é que uma das mais poderosas compulsões da humanidade é ao vício na pornografia. São os homens que, na grande maioria, alugam pornografia, mas, no fim das contas, muitos casais decidem alugar um filme picante apenas para “apimentar as coisas”.

Acredito que esse é um ato bastante perigoso. Para começar, por que o marido não consegue se satisfazer apenas com a esposa? Por que um homem gostaria de olhar para outra mulher nua? Sou um homem com uma libido alta, mas não preciso de nada além de Sande para ficar excitado. Na verdade, consigo ficar excitado ao ver minha esposa com mais de 50 anos colocar louça na máquina de lavar!

Depois, falando como psicólogo, assistir a pornografia pode ser um caminho escorregadio. Se está casada com um homem cuja mentalidade é “Vale tudo, incluindo sacanagem, se isso nos excitar”, você acabará participando de algumas práticas bastante questionáveis. Por quê? Porque a pornografia, de modo geral, é viciante para o homem. Ela provavelmente não será viciante para você, mulher, mas não é com você que estou preocupado. Muitas esposas me confessam que assistir a pornografia de fato as coloca “no clima”, mas pergunto a elas: no longo prazo, isso é bom ou prejudicial para seu casamento? Aqui vai uma dica: assistir a pornografia não fará que seu marido a trate melhor, que passe mais tempo com as crianças ou que esteja mais presente em casa... Justamente as coisas que fazem a maioria das esposas desejar mais o marido.

Uma das minhas breves teorias sobre criar filhos é que os pais não devem cultivar hábitos os quais não desejam que os filhos tenham na época da graduação. A pornografia é um hábito que se tornará ainda mais exigente e provavelmente mais insensato.

Acrescente-se a isso o fato natural de que a esposa começará a se comparar às mulheres que vê no filme ou nas páginas da revista. Isso é simplesmente humano da parte dela. Nesse caso, em que medida uma mulher vai se sentir querida e amada? Ela se sente admirada ou pensa em segredo: “Quando fechou os olhos, ele estava fantasiando fazer isso com ela?”.

Outra coisa que realmente me preocupa em relação à pornografia é a indústria que você está apoiando ao consumi-la. Pense nisto: não é a organização Focus on the Family [Foco na Família] que publica esse material! Você está apoiando pessoas que, de modo geral, são hostis à religião, à fé e à família. Elas ganham dinheiro explorando mulheres jovens e levam muitos homens a compulsões que durarão a vida inteira. A verdade é que aqueles atores são adúlteros! No meu modo de pensar, esse não é o tipo de gente a quem quero dar o meu dinheiro.

A maioria dos casais puros que entram nisso terminam sentindo o que eu chamo de fenômeno “oh-oh” — aquela agitação interna que sinaliza que alguma coisa simplesmente não está certa. É melhor prestar muita atenção a esse mal-estar, pois, em geral, é a nossa consciência tentando nos proteger.



MUITO É MUITO MESMO

A sexualidade matrimonial fornece uma sólida base para a máxima intimidade sexual. Pelo fato de ambos estarem comprometidos um com o outro até que a morte os separe, vocês nunca estão sob julgamento. Não precisam temer se uma “grande ideia” para a diversão sexual aparecer, nem precisam se preocupar se um ou outro vai partir caso, durante uma determinada época, a intensidade sexual esfrie um pouco.

Vocês também não precisam se desculpar se simplesmente quiserem a boa e velha posição sexual papai e mamãe com mais frequência do que qualquer outra. É utópico esperar que toda e qualquer experiência sexual vá fornecer orgasmos memoráveis que mandam vocês à lua e depois os trazem de volta. A intimidade sexual é construída em torno de momentos divertidos de amor; longos, lentos e sensuais momentos de amor; amor excitante e ousado; e também amor rápido e apaixonado.

Por favor, não se sintam na obrigação de ter de variar todas as vezes em que pulam na cama juntos. Há uma razão para que tenham suas posições favoritas: vocês gostam delas! Desfrute do sexo rotineiro, do sexo excitante, do sexo rápido, do sexo lento e do sexo inesperado. Aceitem tudo, apreciem tudo e deixem que se forme entre vocês a intimidade que Deus planejou.


(Kevin Leman - Entre Lençóis)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:22



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D