Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Espelho digital

por Thynus, em 06.06.13

 

 

 

Chega um dia na vida de todo homem em que ele se olha no espelho de manhã e tem uma revelação estarrecedora: sua mulher está dormindo com outro! Depois ele olha melhor e vê que não é outro, é ele mesmo, mas por alguma razão inexplicável ele está com 40 anos. Acabou de entrar naquela terra mítica chamada meia-idade, outrora habitada apenas por pessoas estranhas como os pais da gente. O espelho nos mostra o nosso contrário, nossa esquerda na nossa direita, mas este é o limite máximo da sua dissimulação. Fora isso, ele é de uma franqueza brutal e irrecorrível. Vivemos na era das relações públicas, é inadmissível que a nossa própria imagem nos trate com tanta crueza. É inadmissível que alguém lhe diga:
"Você tem 40 anos!" (ou 50, ou 60, ou até, meu Deus, mais!) assim na cara, mesmo que quem diga seja a sua própria cara. E de manhã, na hora em que, ainda amarrotado pelo sono e antes de botar o rosto que usará durante o dia, você está mais vulnerável. Se a cena pudesse ser confiada a um profissional da comunicação seria diferente. O mal do mundo é que as piores notícias quase sempre nos são dadas por amadores. Se a sua imagem no espelho fosse confiada a um especialista em marquetchim, em vez da sua cara no espelho revelador você veria a da Isadora Ribeiro. E a Isadora Ribeiro diria "Aí campeão". Você checaria para ver se sua mulher ainda estava dormindo e voltaria para encarar o espelho.
- Você por aqui, Isadora?
- Vim para dizer que você vai ficar ótimo, grisalho.
- Grisalho, eu?
- Ficará mais maduro. As rugas realçarão o caráter, seja ele qual for. As entradas no cabelo deixarão você
parecido com o Clint Eastwood, pelo menos da testa para cima.
E se um queixo enfatiza a masculinidade, imagine dois.
- Rugas, entradas, queixos... Isadora, você está querendo me dizer alguma coisa?
Ou então: é você mesmo quem aparece, e convida você a mergulhar de pontacabeça no espelho e descobrir
como é a vida no outro lado dos 40. Você mergulha, e se vê num mundo muito parecido com o que deixou.
- Mas está tudo igual - comenta.
- Exato. Só você mudou um pouco.
Você testa os movimentos de braços e pernas. Tudo funciona normalmente. Mas não é isto que interessa.
- Como está o... a...
- Impulso sexual integral e constante por tempo indeterminado. Mas comece a evitar motéis com escada.
- Cuidados com a saúde?
- Diminua o consumo de carne branca, preta, amarela e mulata. Principalmente depois das refeições.
- Fora isso...
- Sua vida continuará a mesma, até com vantagens. O cabelo grisalho aumentará sua credibilidade, o que é sempre bom para os negócios. E você terá pretextos para sair de reuniões muito compridas, pois estará subentendido que precisa ir ao banheiro mais seguido.
- Então, que venham as rugas!
- Mas há o outro lado da questão...
- Qual?
- Se você não aprendeu a manejar um computador até agora, não aprenderá nunca mais. Os computadores vêm com um alarme embutido contra pessoas com mais de 40 anos. Se uma delas os toca, é ridicularizada na hora. Eles apitam, e aparece uma frase desaforada na tela.
- Que mais?
- Aquela menina nova no escritório.
- Sei.
- A parecida com a Isabelle Adjani, mas com coxas brasileiras.
- Sei.
- Ela vai sorrir para você...
- Sim?
- Vai se aproximar de você...
- Sim?
- E dizer: "Minha mãe diz que acha que já trabalhou com o senhor, tio." Não, não procure consolo no espelho tradicional, esse instrumento diabólico que há séculos destrói todas as nossas fantasias. Nossa esperança é a tecnologia: cedo ou tarde inventarão o espelho digital. Ele não refletirá a imagem, simplesmente. A captará e a transformará em impulsos eletrônicos, que podem ser manipulados pelo usuário. No painel do espelho digital haverá duas teclas: "A Verdade" e "Escolha Você Mesmo". Acionando esta última, você terá à sua disposição um menu de Opções reconfortadoras para o que o espelho Ihe mostrará, desde "20 anos menos" até "Richard Gere com outro nariz". Você poderá usar um recurso chamado "Retouch" que lhe permitirá...

Mas o que eu estou dizendo? De nada nos adiantará o espelho digital. Na idade em que precisarmos dele, não saberemos como manejá-lo.

(Luís Fernando Ver!ssimo - "As mentiras que os homens contam") 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:14



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D