Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O segredo do sucesso

por Thynus, em 26.05.13

 

“Se A é o sucesso, então A é igual a X mais Y mais Z. O trabalho é X; Y é o lazer; e Z é manter a boca fechada” (Albert Einstein). Ou: como 6 milhões de crentes deixaram de acreditar em Jesus!


O Sucesso é tudo aquilo que queremos obter na vida. Para consegui-lo, além de alguma sorte, há que ter em conta pelo menos essas três variantes de que fala Einstein: trabalho, lazer e... boca fehada!. Trabalho é a primeira e principal variante: sem trabalho nada se consegue. Trabalho que tem que ser feito com gosto e não como imposição ou por uma choruda remuneração monetária. É pelo trabalho que o homem, qual artista, dá significado à sua vida (é assim que o "tripalium", donde derivou a palavra "trabalho", perde a conotação de castigo ou  imposição e alcança a dimensão do "lazer"). Finalmente, para que não haja desvios no objetivo do sucesso temos que ter em conta também que é preciso fechar a boca. Como diz o povo, e bem, "pela boca morre o peixe" ou, também, "quem muito fala, pouco acerta". Ou ainda: "quem bota foguetes antes da festa, arrisca-se a ter que apanhar as canas!"


Do desfecho da final da Taça de Portugal, esta tarde, no Estádio do Jamor, (Benfica 1 - Guimarães 2) fica uma lição: por paradoxal que pareça, milhões não rima com campeões! E muito menos com o midiatismo das Televisões. Nem sempre a voz do dinheiro fala mais alto. Que não haja dúvida que é a combinação perfeita entre as três variantes citadas por Einstein (trabalho, lazer e boca fechada) que define a diferença entre os campeões e os "quase-campeões"! Entre o sucesso e o insucesso! E não vale a pena procurar bodes expiatórios ou arranjar desculpas esfarrapadas. Ou se é competente ou não se é. Há 15 dias o S.L.Benfica sonhava ser campeão nas três frentes em que estava empenhado (Liga Portuguesa, Liga Europa e Taça de Portugal). Em 15 dias enterrou tudo: derrota com o F.C.Porto para a Liga Portuguesa (2-1), derrota com o Chelsea na final da Liga Europa (2-1), derrota com o Vitória de Guimarães na final da Taça de Portugal (2-1). Não é verdade que um raio pode cair três vezes no mesmo sítio? Curioso, não é?! Não sei se o treinador do Benfica, Jorge Jesus, alguma vez terá pensado nisso.


Sempre aprendi desde criança que o desporto, nomeadamente o futebol, é uma escola de virtudes. Nem todos podem ganhar e, no desporto, como na vida, temos também que saber perder com dignidade e fair-play. Glória ao vencedor, honra aos vencidos! Evidentemente esta saudação estende-se a todos os clubes participantes da Taça de Portugal 2012-2013, menos aos jogadores do Benfica que, depois de receberem as medalhas de finalistas  da Taça de Portugal 2013, se dirigiram directamente para os balneários, sem se dignarem esperar pela entrega da Taça ao finalista vencedor, o Vitória de Guimarães. É lamentável que os jogadores do SLB tenham acabado assim: sem glória nem honra. Mas esta falta de fair-play, afinal, não é novidade no SLBenfica: já em Abril de 2012, depois da derrota com o F.C.Porto, no estádio da Luz, e que definiu o campeão 2011-2012, alguém deu ordem para desligar as luzes do estádio e ligar os aspersores de rega do relvado, enquanto os jogadores do FCP comemoravam no estádio com os seus adeptos. Não basta ser grande nas vitórias; é preciso também ser grande nas derrotas. Perder uma competição, acontece! Perder a honra e o respeito ou não reconhecer o mérito do vencedor, é falta de carácter! É preciso saber honrar os pergaminhos das instituições.

PARABÉNS, VITÓRIA DE GUIMARÃES!



 

Hyperlinks: 

* V. Guimarães vence Taça de Portugal e Benfica perde a cabeça

* Afinal, um raio pode cair três vezes no mesmo sítio!  

* Jesus-Cardozo: o maior sinal de desnorte

* Benfica não esperou pela entrega da Taça ao Vitória

* Glória aos Vencedores e Honra aos Vencidos

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D