Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Natureza

por Thynus, em 08.04.13

 

Dependemos da natureza não apenas para nossa sobrevivência física. Precisamos dela também para mostrar-nos o caminho para DENTRO DE NÓS, para libertar-nos da prisão da mente.
Esquecemos o que as pedras, as plantas e os animais AINDA SABEM. Esquecemos como SER, estar aonde a vida ESTÁ: AQUI E AGORA.
Sempre que você presta atenção em alguma coisa NATURAL, em qualquer coisa que existe SEM A INTERVENÇÃO HUMANA, você sai da prisão do pensamento e de certa forma entra em conexão com o “SER” no qual tudo o que é NATURAL AINDA EXISTE.
Prestar atenção numa pedra, numa árvore, num animal não é pensar nele, mas simplesmente percebê-lo, TOMAR CONHECIMENTO DELE. Então, algo da essência desse elemento da natureza se transmite a você. Sentir a calma desse elemento faz com que a mesma calma desponte no seu interior. Você sente como ele repousa profundamente no Ser – unido ao que é e onde é. Ao se dar conta disso, você também é transportado para um lugar de repouso no fundo do seu ser.
Ao caminhar ou descansar em meio à natureza, respeite esse reino deixando-se estar totalmente nele. Pare e fique em silêncio. Olhe. Ouça. Veja como cada planta e cada animal são completos em si mesmos. Ao contrário dos seres humanos, eles não se dividem. Não precisam afirmar-se criando imagens de si mesmos, e por isso não precisam se preocupar em proteger e realçar essas imagens. O esquilo é ele mesmo. A rosa é ela mesma.
Tudo na natureza é um com o todo. Nenhum elemento SE AFASTOU DO TECIDO DO TODO EM BUSCA DE UMA EXISTÊNCIA SEPARADA. Contemplar a natureza pode libertar você desse “eu”, que é o grande causador de problemas.
Você não criou seu corpo nem é capaz de controlar as funções dele. Uma INTELIGÊNCIA MAIOR do que a mente humana encontra-se em AÇÃO. É essa inteligência que mantém tudo na natureza. Você pode se aproximar dessa inteligência percebendo sua própria energia interna, sentindo a PRESENÇA DA VIDA DENTRO DO SEU CORPO.
A disposição e alegria de um cãozinho, seu amor incondicional e sua presteza em festejar a vida a qualquer momento costumam contrastar muitas vezes com o estado interior do dono do cão – deprimido, ansioso, cheio de problemas, esmagado por PENSAMENTOS, ausente da única hora e do único lugar que existe: O AQUI E O AGORA. Agente até se pergunta: como é que o cãozinho consegue continuar tão alegre e sadio vivendo ao lado dessa pessoa?
Quando você percebe a natureza apenas através da mente e do pensamento, não pode sentir a FORÇA de vida presente nela. Você só vê sua forma e não se dá conta da vida que existe dentro da forma – O MISTÉRIO SAGRADO.
Perceba como a flor é PRESENTE, como ela se entrega à VIDA. Observe um animal, uma árvore, e veja como eles repousam no SER. SINTA A IMENSA DIGNIDADE, INOCÊNCIA E DIMENSÃO DO SAGRADO QUE EXISTEM NELES.
Preste atenção na sua respiração e perceba que não é você quem a controla. È a respiração da natureza. Se você precisasse lembrar de respirar, morreria logo. E se tentasse parar de respirar, a natureza se encarregaria de manter a respiração.
Você precisa da natureza como sua mestra para ajudar a religar-se com o SER.
Você não é separado da natureza. Todos nós fazemos parte da VIDA ÚNICA que se manifesta de inúmeras formas no Universo – formas completamente interligadas. Quando você reconhece o SAGRADO, a beleza, a incrível calma e dignidade de uma flor e de uma árvore, VOCÊ ACRESCENTA ALGO À FLOR OU À ÁRVORE. A ÁRVORE, A FLOR, O PÁSSARO E A PEDRA NÃO TEM NOÇÃO DE SUA BELEZA E DE SEU CARÁTER SAGRADO.
ATRAVÉS DE SEU RECONHECIMENTO, DE SUA PERCEPÇÃO, A NATUREZA TAMBÉM PASSA A SE PERCEBER. ATRAVÉS DE VOCÊ, ELA PASSA A PERCEBER SUA PRÓPRIA BELEZA E SEU PRÓPRIO CARÁTER SAGRADO.
Quando os seres humanos conquistam a calma, eles vão além do pensamento. Na calma e no silêncio há uma dimensão adicional de conhecimento e de percepção que fica além do pensamento.
A natureza pode levar você à calma interior. “É UM PRESENTE DELA”. Quando você sente a calma da natureza e participa dela, essa calma fica permeada e enriquecida pela SUA ATENÇÃO. “ESSE É O SEU
PRESENTE PARA A NATUREZA”.
ATRAVÉS DE VOCÊ, A NATUREZA TOMA CONSCIÊNCIA DE SI MESMA. A NATUREZA TAL COMO É ESPEROU MILHÕES DE ANOS POR VOCÊ.

(Eckhart Tolle - "O poder do silêncio")

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D