Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A nomeação de Ernst von Freyberg, 54 anos, da Ordem dos Cavaleiros de Malta, para chefiar o IOR (Instituto para as Obras de Religião, o Banco do Vaticano) veio nove meses depois da destituição de Ettore Gotti Tedeschi e revela novos cenários sobre a demissão de Bento XVI. Vozes com grande credibilidade dizem que o papa alemão queria declarar a sede vacante imediatamente após anunciar asua decisão de deixar o papado. Mas a corte papal tentou dissuadi-lo deste propósito. E, finalmente, convenceu-o. Os argumentos utilizados eram poucos, mas determinantes: havia necessidade de resolver alguns assuntos importantes e ainda sem resposta desde há algum tempo, mas agora considerados maduros para uma solução final. A Sede Vacante, porém, faria cair, de golpe, todos os chefes de departamento da Cúria Romana, da chefia de seus gabinetes e tornaria nulos todos os seus atos de governo da Igreja. Em cada pontificado em que se respeita a agonia do Papa prevalece uma sucessão de nomeações antes que coração do Papa deixe de bater e congele tudo. Durante os últimos meses de vida de João Paulo II, por exemplo, e em particular durante a sua última semana antes de sua morte, não foram poucas as nomeações episcopais "aprovadas" pelo Papa entãoagonizante e sem voz.

No caso da abdicação de Bento XVI sem um tempo, por assim dizer, propedeutico  (preparatório) para a Sede Vacante não haveria oportunidade de acelerar alagumas nomeações e fazê-las definitivas com o selo final de Ratzinger antes de ser destruído. A nomeação do advogado Ernst von Freyberg para a Superintendência da IOR é uma delas. Esta não depende diretamente do Papa reinante, mas da Comissão Cardinalícia para a Supervisão do Instituto para as Obras de Religião que é presidida pelo cardeal Tarcisio Bertone. Sim, exatamente do fidelíssimo Secretário de Estado do Papa Bento XVI desde 2006 até ao fim do reinado de Ratzinger. Mais uma vez, não tornando imediata a Sede Vacante, o Papa renovou novamente a sua total confiança no cardeal salesiano.

Ratzinger sai de cena para sempre do palco mundial em que ficou exposto um Pontífice no século XXI, mas não permite que seus colaboradores de confiança morram com ele. A nomeação do advogado von Freyberg, disse o Vaticano em um comunicado, "resulta de uma  avaliação profunda e de várias entrevistas que a Comissão de Cardeais fez, sempre com o apoio do Conselho de Superintendência. Trata-se de um percurso de vários meses, meticuloso e organizado, que permitiu a avaliação de vários perfis de alto nível profissional e moral, também com a ajuda de uma organização independente internacional, líder na seleção de altos executivos empresariais. O Santo Padre - continua o comunicado - que acompanhou de perto todo o processo de seleção e eleição do novo Presidente do Conselho para a Superintendência do IOR, expressou seu total apoio à decisão da Comissão de Cardeais ". Deste órgão, além de Bertone, que é o presidente, fazem parte os cardeais Attilio Nicora, que comanda a Autoridade de Informação de Finanças da Santa Sé, Jean-Louis Tauran, presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Interregioso, Telesphore Placidus Toppo, Arcebispo de Ranchi, e Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo. "A Igreja sempre se renova, renasce sempre", disse o cardeal Bertone, ao Papa na última quarta-feira, no final da Missa do início Quaresma celebrada por Bento XVI na Basílica Vaticana. "Servir a Igreja – acrescentava o cardeal – com o firme conhecimento de que não é nossa, mas de Deus, que não somos nós a construí-la, mas é Ele; podermos dizer com verdade a palavra evangélica: 'Somos servos inúteis. Nós fizemos o que tínhamos que fazer "(Lucas 17:10)." De modo a acelerar a nomeação do presidente do IOR, e quem sabe o que mais, antes a Sede de Roma torna-se Vacante e Bertone, mais do que Ratzinger, perca o seu poder. Bento XVI permitiu-lhe. Mais uma vez.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:06



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D