Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A linguagem universal da energia

por Thynus, em 22.01.13


Você sabe que não pode "conversar como gente adulta" com um cão, mas simplesmente não conhece outra forma de comunicação. Estou aqui para lhe dizer que existe um modo muito melhor.
(...) Não seria mais simples se existisse um idioma universal que todas as espécies conseguissem entender? "Impossível'', você deve estar dizendo. "Nem mesmo os seres humanos falam o mesmo idioma!" É verdade, mas isso não impede que as pessoas tentem há séculos encontrar uma linguagem comum. No mundo antigo, todas as pessoas da classe alta e de boa educação estudavam grego. Assim, poderiam ler e entender os documentos mais importantes. Em certo período da era cristã, qualquer pessoa importante conseguia ler e escrever em latim. Hoje, o inglês está no topo da "cadeia alimentar". Aprendi isso da maneira mais difícil quando cheguei aos Estados Unidos. Se você não nasceu falando inglês, essa é uma língua difícil de aprender - mas todas as pessoas, dos chineses aos russos, a aceitam como o idioma internacional dos negócios. Os seres humanos procuraram outras maneiras de derrubar a barreira do idioma. Por exemplo, se você for cego, independentemente do idioma que fala, pode usar o braile. Se for surdo, pode compreender qualquer pessoa que use a língua de sinais. A matemática e as linguagens de computador atravessam muitas fronteiras linguísticas e permitem que pessoas que falam idiomas diferentes consigam facilmente se comunicar, graças ao poder da tecnologia.
Se os seres humanos têm sucesso ao criar essas linguagens coletivas, não podemos inventar um modo de conversar com outras espécies do planeta? Não existe um idioma que todos possamos aprender e que signifique a mesma coisa para todas as criaturas?
Boa notícia! Fico feliz em dizer que a linguagem universal (...) já existe. E os seres humanos não a inventaram. É uma língua que todos os animais falam sem ao menos perceber, inclusive os humanos. Além disso, todos os animais nascem sabendo essa linguagem instintivamente. Até mesmo os seres humanos nascem fluentes nessa língua universal, mas costumamos esquecê-la porque somos treinados, desde a infância, a acreditar que as palavras são o único meio de comunicação. A ironia é que, apesar de pensarmos que não sabemos mais essa língua, nós a falamos o tempo todo. Sem saber, a emitimos o tempo todo, todos os dias! Outras espécies de animais ainda conseguem nos entender, mesmo que não tenhamos a mínima ideia de como entendê-las. Eles nos compreendem com clareza, mesmo quando não sabemos que estamos estabelecendo uma comunicação.
Essa linguagem universal entre as espécies é chamada energia.

(Cesar Millan - "O encantador de cães")

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:48



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D