Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




...

por Thynus, em 03.12.12
"CONQUISTADA A HOLANDA, ADEUS PAÍSES BAIXOS!"

Estávamos no salão de espera do Multiplex Iguatemi quando minha Lícia mostrou, sorrindo, um casal de jovens que se beijavam, sem preocupação com os olhares invejosos dos de­mais. E, perto deles, um outro casal também trocava beijos apaixonados. Hoje, são comuns os beijos públicos dos namorados, ninguém repara, é natural que se beijem. A juventude tem
muito mais liberdade do que no nosso tempo.

Lembrei-me dos conselhos e preocupações de mamãe com os quatro filhos, quando fica­mos rapazes e começamos a namorar. Nossa mãe-coruja nos considerava os melhores do mundo, tinha medo que caíssemos nas garras de mulheres que não nos merecessem. Suas advertências eram hilariantes. Podíamos na­morar, era próprio da idade, mas cuidado com as armadilhas que elas, na certa, nos armariam para forçar o casamento "a pulso" ou "na polícia". E nos alertava contra os beijos, quando a sós, em lugares isolados, podia acontecer al­go mais sério, e sermos obrigados a casar.

Ríamos dela, argumentando que beijo não era nada demais, "não tirava nenhuma menina de casa", não manchava a honra de ninguém, mas ela afirmava, temerosa:

— Beijo é como ferro elétrico, "liga em cima, esquenta em baixo". Tenham cuidado!

Outro perigo, ainda pior, era namoro indecente, quando se pega nos seios da moça. Só que mamãe não dizia peito ou seio, chamava "Holanda". "Respeitem suas namoradas, não procurem conquistar Holanda", era uma de suas súplicas. Muitos anos depois, eu já casa­do. e com filhos, ela me contou por que usava aquele sinônimo.

— Namoro em que o rapaz apalpa os seios da moça nunca acaba bem. Quando a intimidade chega a tanto, está aberto o caminho para a perdição. Daí, os seios serem o mesmo que a Holanda numa guerra, "conquistada a Holanda, adeus Países Baixos".
É por coisas assim que eu adorava mamãe e até hoje choro com saudades dela.

José Augusto Berbet

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:22



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D