Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os segredos da posição "missionário", revelados por um franciscano: padre Knotz, que os fiéis da Web quereriam que fosse feito "santo imediatamente!"

Na Internet os devotos da sua sexy-doutrina aumentam a olhos vistos e, em certo sentido, para o santo homem o processo de beatificação é como se já tivesse começado.

Mas o que fez de tão prodigioso o monge polaco Ksawery Knotz?

Se pensam em milagres de estilo antigo (multiplicação dos pães e dos peixes, ressurreições, curas inexplicáveis, etc.), estão no caminho errado. A vocação do padre Knotz é de fato diferente, mas não menos importante em termos de recolhimento interior: ensinar a "fazer amor permanecendo na alegria com Deus".

O religioso compatriota do Papa Wojtyla promete "orgasmos celestiais" com alguns conselhos: "Na religião católica, o sexo é um assunto entre marido e mulher, e entre um casal e Deus."

Permanece o mistério de como um ministro do Senhor - dolorosamente amarrado a um voto de castidade - possa ser competente numa questão tão íntima para dar conselhos dignos dos melhores Kinsey Report. Mas entre o que faz e o que ele diz (ou vice-versa) frei Ksawery não vê qualquer conflito de interesses; por exemplo, o capítulo "Como obter super-orgasmos que levam direto ao Paraíso" é um programa completo.

"Ao contrário do que geralmente se pensa – sublinha o franciscano polaco especialista em"afetividade matrimonial"- a Igreja Católica não proíbe os prazeres da carne." Ah, não? "Muitas pessoas imaginam que o sexo nupcial deve ser desprovido de alegria, de jogos frívolos, de fantasias e de posições atraentes. Acha que deve ser triste como um salmo de louvor da Igreja ". Os coristas ficarão muito felizes.

Mas o que fez o padre Knotz, neste trabalho original Har-ecumênico, para receber via verde da Igreja de Varsóvia?

O segredo do sucesso do apostolado de Ksawery, proibido para os menores de idade, está em ter encontrado o equilíbrio certo entre a modernidade e a ortodoxia da Igreja: "sim" ao sexo marital imaginativo, não ao uso de contraceptivos e às escapadelas fora do leito nupcial.

Questões sensíveis, balanceadas entre os lençóis e a fé, que transformaram o franciscano polaco numa celebridade, especialmente após a descoberta de que em seu site (szansaspotkania.net) se faz referência ao "sexo explícito" com a ajuda de desenhos e de ilustrações.

Enquanto isso o jornal Guardian de Londres, com uma reportagem completa de primeira página, já confirmou prosaicamente o título do futuro best-seller: "Kama Sutra católico”.

Parece que os editores dispostos a publicá-lo estejam já em peregrinação para Varsóvia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:41


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds