Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Depois do sucesso de Fá-los sofrer, o best-seller de Sherry Argov, eis que é lançado um livreto divertido: Trata-os mal, que subiu nas paradas clasificativas britânicas e americanas. O autor é Gerry Stergiopoulos (participou no Big Brother, na Inglaterra, em 2007), mas acima de tudo é como "Stanford" (Sex and the City docet) uma rede de confissões de homens e mulheres, dispensador universal de bombons existenciais. O filólogo Inglês de origem grega defende, na essência, que os homens cheiram à distância o desespero das mulheres.


Em cada pequeno pensamento, em cada gesto de carinho, em cada refeição carinhosamente sirva quente, “o adversário” vê um sinal de fraqueza, uma tentativa de controle, de prisão. Escapa assim a fuga pontual, porque tudo o que as pessoas gostam de caçar, por definição escapa.

Sob o lema "Os homens são como selos postais: para colá-los é preciso cuspir um pouco "encima " deles, o autor propões uma série de imposições: "Trata-os mal e vão correr atrás de ti" soa ameaçadoramente como uma verdade absoluta e também como a essência concentrada do pensamento “gerryano”.

A técnica sedutora vencedora por excelência, então, seria a mulher afastar os golpes, mostrar-se comprometida, hiperativa, cheia de contactos humanos, de amizades que vão além do relacionamento de casal. As mulheres deveriam adiar com arte os encontros, simular dores de cabeça, limitar as efusões, subtrair-se, dividir-se, multiplicar-se. Fácil. Nada de primeiras noites de paixão, nada de beijos de boa noite após o primeiro encontro. O homem diverte-se na caça da sua presa, não a gozá-la. De acordo com Stergiopoulos, para ser adorada como uma Vênus de Botticelli não é preciso ser elas mesmas, nunca, nem mesmo após anos de coabitação. Como nunca é preciso mostrar-se mais do que perfeita, sempre bem vestida, empoleirada num salto 12, perfumada, bonita e impossível.
Brilhantemente dividido em quatro seções - como maltratar um homem antes de aceitar um convite, o primeiro encontro, o início de um relacionamento, quando a relação prossegue - "Trata-os mal" torna-se útil e, ao mesmo tempo, muito engraçado, directo e refinado.


Mas temos que perguntar-nos se vale a pena. Pode-se viver sempre no faz de conta? Pode-se passar a vida inteira a manipular brinquedos? E a intimidade da casa? As roupas, os carregadores de baterias da existência, proibidos por Stergiopoulos. Pode-se ficar sempre de salto alto e manter o bom humor, enquanto talvez o nosso homem, que não lê manuais de auto-ajuda, vaga ao redor da casa tranquilo com uma barba de três dias e, apesar disso, permanece adorável? Milhares de leitoras têm adotado com entusiasmo este livro como um sistema de navegação maravilhosa para as relações com o sexo oposto e como um gerador nuclear de auto-estima. Fica uma pergunta final. Porque temos que dar crédito a Gerry, um homem? Simples: porque está muito informado e absolutamente desinterssado. Atenção! Mantenham este livro bem longe e escondido dos homens.
"Os homens adoptarão a visão que tu tens de ti mesma" (a lei de Talião). 
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:08



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D