Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Para o Estado iraniano tem que morrer porque adúltera. Pela sua “culpa” Sakineh Mohammadi -Ashitiani, 43 anos, deverá apagar-se a golpes de pedra, apedrejá-la-ão.
"Muitas vezes à noite, antes de adormecer, eu me pergunto:" Como é que se preparam para atirar-me pedras, a olhar para o meu rosto e as minhas mãos? Porquê? ... Digam a todo o mundo que eu tenho medo de morrer. Ajudem-me a permanecer viva e a poder ter de novo os meus filhos em meus braços."
A mulher conta-o numa mensagem referida por telefone por uma organização para os direitos humanos. "Sou Sakineh Mohammadi-Ashttiani. Desde a prisão de Tabriz – diz a mulher na mensagem relatada - agradeço a todos aqueles que pensam de mim."
Sakineh, sobre cujo caso se multiplicam as iniciativas de governos e organizações para os direitos humanos na tentativa de salvar a sua vida, foi condenada em 15 de Maio por ter tido uma “relação ilegal” com dois homens depois da morte de seu marido.
Segundo a agência oficial Irna, a mulher seria também culpável de “homicídio e outros crimes”. A pena foi suspensa temporariamente. Há alguns dias o seu advogado, Mohammad Mustafai, desapareceu para evitar a prisão. Os apelos do advogado e dos filhos da mulher abriram caminho a uma campanha internacional que viu os governos e organizações para os direitos humanos no Ocidente implorar o perdão para aquela mulher. Sakineh, em conformidade com a lei islâmica da sharia, já foi chicoteada pelo seu “adultério”. “No dia em que fui chicoteada diante dos olhos de meu filho Sajjad fui destruída, perdi toda a dignidade e o meu coração foi destruído”, narra Sakineh na sua mensagem.

E é a este país, governado por leis tiranas e obscurantistas medievais, que alguns políticos “iluminados” defendem a construção de usinas nucelares. Ainda há dias, o presidente Lula intercedia, e bem, por essa mulher, oferecendo-lhe asilo político no Brasil. Em resposta o ministro das relações exteriores do Irão alega que Lula é emotivo e está "mal informado" acerca da questão da mulher condenada. Pelos vistos, Lula apenas está bem informado acerca da questão nuclear do Irão. Quanta “diplomacia” nojenta e hipócrita!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:26


Comentar:

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

subscrever feeds