Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Com o dinheiro dos outros

por Thynus, em 04.07.11
Milhões de pessoas investem as suas poupanças em fundos de pensão, fundos de investimento e companhias de seguros. Entidades que muitas vezes pouco se preocupam com as conseqüências sociais de suas estratégias financeiras. Para sair da crise ocorrem novas formas de regulação econômica. Uma massa de poupança equivalente ao PIB do mundo é gerida, a seu exclusivo critério, por instituições financeiras como fundos de pensão, fundos de investimento, seguros e vários tipos de fundos especulativos. A maioria são controladas por grandes bancos. O seu trabalho é investir diariamente o dinheiro dos outros: é por isso que eles são chamados investidores institucionais. Em apenas 20 anos o peso deste "capitalismo por procuração" na economia mundial tornou-se gigantesco: os investidores institucionais já realizaram mais de metade do capital social das sociedades cotadas. Na tutela dos interesse dos poupadores, em geral são indiferentes às consequências sociais dos investimentos que executam. O seu único critério orientador é a maximização a curto prazo do rendimento financeiro. Da crise que eclodiu em 2008, que envolveu de várias formas também os investidores institucionais, se pode sair de forma permanente apenas com novas formas de regulação econômica. Dado que controlam metade da mesma, as reformas deverão, necessariamente, envolver estes organismos: se os seus recursos fossem investidos em infra-estrutura, escolas, transportes, meio ambiente, a economia do mundo teria uma vantagem definitiva. Para este fim, seria necessário também dar voz, nas suas estratégias de investimento, aos milhões de pessoas que confiam a essas intituições o seu dinheiro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:19



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D