Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]






“É breve, é pequena a distância que separa o avô do neto.

Feito o arado que rasga a terra, a passagem do tempo deixa
sulcos na alma e no rosto.

“As viagens sucedem-se como as gerações; entre o neto que
foste e o avô que serás, que pai terás sido?” (José Saramago).

A única coisa que nós temos de fato é a vida. E com ela
podemos fazer tudo ou nada.

Pais, filhos, netos.

No fim das contas, cada um tem que caminhar com seus próprios
passos.

Buscar uma experiência de significação, trilhar a senda do
auto-aperfeiçoamento.

A vida é um instante, um sopro. Quantas gerações já vieram,
quantas ainda virão e igualmente passarão…

Memórias poéticas e afetivas.

Os pequenos gestos e instantes é que revestem de beleza e
ternura o tempo.

Nos vagões da existência terrena por um breve instante
passeamos.

O ato de observar é a única chave que abre a porta dos
mistérios.

A paisagem de fora, a vemos com os olhos de dentro.

A paisagem é um estado de alma. Na realidade, o que vemos,
está em nós.

Não vemos o que vemos, vemos o que somos…

“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara.”

Ter olhos para a beleza do céu, para a poesia das nuvens.

Cultivar a quietude do espírito como potência de
transformação.

Ter um olhar capaz de discernir a beleza invisível.

A filosofia oriental nos ensina que a mais bela imagem não
tem forma.

Resgatar a beleza, a poesia e a espiritualidade capazes de
suavizar a nostalgia do Absoluto.

Cultivar a magia e o encantamento de estar no mundo.

Cultivar a via do silêncio dentro de nós.

Felizes os que aproveitam com sabedoria a preciosa aventura
que é o existir.”
(José Saramago)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:03



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D